RETRATO DE UM ASSASSINO (Portrait of a killer: Jack the Ripper – case closed) – Patrícia Cornwell

Publicado: 8 de janeiro de 2011 em Patricia Cornwell
Tags:, , , , , , , ,

Editora: Companhia das Letras

“Nunca procure unicórnios antes de esgotar os pôneis” – Edward Sulzbach – delineador de perfis do FBI
Fico até emocionada em saber que minha escritora policial favorita, Patrícia Cornwell, conseguiu desvendar o mistério que anos de investigação não auxiliaram a Scotland Yard a solucionar – os crimes de Jack, O Estripador, assassino de, pelo menos, 5 prostitutas.
O livro, além de demonstrar, através de provas substanciais, a proposta de Patrícia, é um guia histórico para a Londres do século XIX.
O foco das investigações é conduzido para Walter Sickert, pintor impressionista discípulo de Degas, e ex-ator e mestre em disfarces, famoso na Era Vitoriana, por sua vida dissoluta.

Mais informações sobre o provável criminoso, no site da Wikipedia inglesa:

http://en.wikipedia.org/wiki/Walter_Sickert .

Discussões maiores sobre a proposta de Patricia Cornwell, em: http://www.artcyclopedia.com/feature-2002-11.html e http://www.casebook.org/dissertations/dst-pamandsickert.html  .

Walter Sickert

Em 1976, o escritor Stephen Knight, iniciou o debate sobre Sickert, em seu livro “Jack The Ripper: The Final Solution” – maiores discussões em:http://casebook.org/suspects/knight.html  .

Para ver algumas das telas pintadas por Sickert e mencionadas no livro: http://www.bing.com/images/search?q=walter+sickert+paintings&FORM=BIFD#  .

Por coincidência, acabei de ler “The apprentice / O Dominador” da Tess Gerritsen, para o qual, fiz resenha: http://www.skoob.com.br/estante/livro/5340720  (pág. 104). Ela também aborda o hábito da necrofilia, nos tempos antigo (e atuais).  Na mesma resenha (pág. 255), aborda-se a psicopatia e sua relação com traumas no lobo frontal do cérebro. Segundo Patricia Cornwell: “A psicologia de um assassino violento e sem remorsos não é definida por pontinhos que se unem. Não existem explicações fáceis nem seqüências infalíveis de causa e efeito.”Começa o martírio – a história do surgimento das noções de higiene e da anestesia, na Inglaterra Vitoriana. Uma vez eu li o livro: “A História da Medicina” – mais aterrorizante do que qualquer thriller policial dos atuais, bem sanguinolentos – o horror do retrato de Londres da época – o surgimento de uma metrópole sem saneamento básico, população miserável e coberta de poluição.
Nessa situação, é que o infeliz John Merrick (O Homem Elefante) é apresentado, com suas deformidades repugnantes.

Ficamos sabendo que a Scotland Yard, na verdade, não era uma organização policial, e sim, um lugar onde existia um palácio que servira de residência a reis da Escócia, em visita a Londres, no fim do século XVII e que, depois, foi utilizado como escritórios pelo governo britânico – inclusive a sede da polícia Metropolitana.
Impressões digitais eram conhecidas há 3.000 anos atrás, pelos chineses, para “assinar” documentos legais, já que sabia-se que os sulcos dos dedos são exclusivos de cada indivíduo e não se repetem, nem mesmo entre gêmeos idênticos.
Fala sério – durante o inquérito de um dos crimes, um jurado interrompeu o médico legista para perguntar se ele havia tirado alguma fotografia dos olhos da vítima, para saber se as retinas teriam capturado a imagem do assassino. – Cuma?
Eu não sabia que Jack, The Ripper, tinha assassinado, crianças, também – pensava que havia sido, somente prostitutas adultas.
Interessante o relacionamento protetor da ex-esposa de Walter Sikert – ela o ajudava, financeiramente, mesmo após a separação – será que ele tinha algum encanto oculto? Só podemos entender o porque disso, lendo sobre a vida de Ellen, antes de se casar com ele.
Nunca vi assassinatos tão brutais e mutiladores – barram qualquer serial killer moderno – não sabia que Jack havia chegado a esse tipo de requinte.
Ao final do livro, que se tornou um pouco enfadonho, devo dizer, neste momento – Patrícia Cornwell nos brinda com a extensa bibliografia que usou para este trabalho de investigação. Parabéns. É por essas e outras que é a escritora de sucesso que é.

“(…) seus sangrentos crimes sexuais se tornaram anêmicos e impotentes. Sua matança já não inspira medo, raiva ou mesmo piedade, enquanto suas vítimas se decompõem silenciosamente, algumas em sepulturas não identificadas.”
Patrícia Cornwell

video Stalking the Ripper

Patricia Cornwell, nascida Patricia Carroll Daniels é uma escritora norte-americana de romances policiais. É conhecida por escrever a popular série de romances que estrelam a heroína Dr. Kay Scarpetta, uma médica forense, que tenta resolver crimes através da autópsia (ou seria necrópsia?) dos corpos das vítimas.

Patricia Cornwell

 Outras resenhas de livros de Patricia Cornwell, aqui no House of Thrillers:  https://houseofthrillers.wordpress.com/category/patricia-cornwell/

Acompanhe Patricia Cornwell: http://www.patriciacornwell.com/

Twitter @1pcornwell http://twitter.com/#!/1pcornwell

Facebook http://www.facebook.com/patricia.cornwell

Grupos de discussão sobre a escritora, no portal Skoob: http://www.skoob.com.br/grupo/757-livros-da-patricia-cornwell  e   http://www.skoob.com.br/grupo/261-loucos-por-medicas-legistas

Artigos:

A Note From Patricia Cornwell – 28 de agosto de 2010 http://www.facebook.com/?ref=home#!/note.php?note_id=155689464444647

A Greeting From Patricia Cornwell – 24 de dezembro de 2010 http://www.facebook.com/?ref=home#!/note.php?note_id=187306007949659 – e eu, Lili  Machado, recebi meu Scarpetta´s gear, em fevereiro, como seguidora da página da escritora, no Facebook, na semana de meu aniversário – era um boné do livro: Unnatural Exposure – amei!

Anúncios

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s