OS HOMENS QUE NÃO AMAVAM AS MULHERES (The girl with the dragon tattoo) – Stieg Larsson – série Millennium 1

Publicado: 5 de fevereiro de 2011 em Stieg Larsson
Tags:, , , ,

Editora: Companhia das Letras

No início não me apaixonei…
No início não me apaixonei – estava meio que decepcionada com tanta falação sobre o livro, sobre o autor – mas segui em frente, para ver se engrenava. Cheguei até ao meio do livro e nada – pelo andar da carruagem, já estava pensando em colocar para troca… Cheguei até a parar – pronto, falei – e, depois, eu tentaria voltar, ia ler algo de ritmo mais intenso.
Logo depois, comecei a entender o ritmo do livro – é muito lento – mas talvez seja intencional para forçar o suspense – estou esperando uma reviravolta homérica, ou um segredo revelado – coisas desse tipo.
Acho que o problema, também, são esses nomes de personagens fictícios e de personalidades do mundo político e econômico da Suécia, que não nos passam familiaridade.

Rooney Mara - a nova Lisbeth Salander

Agora sei que o jornalista e principal protagonista masculino da série, chamado Mikael Blomkvist, também lê como eu, Sue Grafton e curte Sweet Dreams, com os Eurythmics. Quanto à protagonista feminina, Lisbeth Salander, não consta que tenha, sequer um “gosto” musical, quanto mais literário, a não ser que se refira a alguma manobra hacker na internet.

Não é que, de repente, na página 260, engrenou? A tal Salander é boa de briga…

Ooooopa!!! Blomkvist e Salander, finalmente se encontram. O tal crime a ser desvendado pelo nosso casal de nomes interessantes, parece estar relacionado a citações bíblicas – Adoooooro isso. Capítulos e versículos do Levítico, o Terceiro Livro do Pentateuco – todos falando sobre imolação e sacrifício de animais pelo pecado (castigos) – vou pesquisar mais sobre o tema.

Um exemplo: “Se uma mulher se aproximar de um animal para se prostituir com ele, será morta juntamente com o animal” – Levítico, capítulo XX, versículo 16. Como assim? Alguém aí poderia me ajudar a fazer essa ligação? “Se um homem dormir com uma mulher durante o tempo de sua menstruação e vir a sua nudez, descobrindo seu fluxo e descobrindo-o ela mesma, serão ambos cortados do meio de seu povo” – prostituta encontrada morta em sua casa, com as mãos e os pés amarrados e um guardanapo enfiado em sua garganta. Eles fizeram essa ligação – eu, confesso que não entendi, ainda.

Na página 345 cheguei à conclusão que tá muuuuuito bom – tá boooom demais…

Os assassinos seriais são muito raros na Suécia. – mas, também, quando aparecem…
Clímax: Mikael acaba de abrir a porta do inferno.

O que vocês acham dessas 3 frases?

  • “As pessoas são inflenciadas pela educação que recebem.”
  •  “Isso não lhes dá carta branca para assassinar mulheres.”
  • “Acho patético que sempre concedam circunstâncias atenuantes aos canalhas.””

Eu sabia que tinha sido ela – como? Só lendo o livro – eh,eh…
Acabou-se o que era doce – mas, pelo lido, Stieg Larsson não regalou-se: desvendada a trama policial principal, volta o livro à modorra política e econômica inicial. Ainda bem que podemos contar com as atividades insólitas da protagonista Lisbeth Salander nos extertores finais do livro – bela virada.

vídeo sobre Stieg Larsson:

trailer do 1o filme da trilogia, do diretor David Finch, The girl with the dragon tattoo –

apresentando Rooney Mara, a nova Lisbeth Salander –

Stieg Larsson

Stieg Larsson (1954-2004) foi fundador e editor-chefe da revista sueca Expo, que denuncia grupos neofascistas e racistas. Especialista na atuação das organizações de extrema direita em seu país, é coautor de Extremhögern, livro no qual põe o assunto em evidência. Morreu em sua casa, aos 50 anos, vítima de um ataque cardíaco, pouco depois de ter entregue os originais dos romances que compõem a trilogia Millennium.

Saiba mais sobre o escritor: http://www.stieglarsson.com

Outras resenhas de livros de Stieg Larsson, aqui no House of Thrillers:   

https://houseofthrillers.wordpress.com/category/stieg-larsson/

Grupo de discussão sobre o escritor, no portal Skoob: http://www.skoob.com.br/grupo/200-trilogia-millennium-stieg-larsson

poster do 1o filme da trilogia, do diretor David Finch, The girl with the dragon tattoo

Anúncios

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s