Hannibal, a origem do mal – Thomas Harris – série Hannibal Lecter 1

Publicado: 12 de fevereiro de 2011 em Thomas Harris
Tags:, ,

Editora: Record

Ele é uma das criaturas mais assustadoras da literatura… até que a evolução de sua personalidade maligna é revelada.

Descubra as origens de um dos vilões mais assustadores de todos os tempos, neste thriller de Thomas Harris, que promete revelar a evolução da personalidade maligna de Lecter.

Thomas Harris nos apresentou ao Dr. Hannibal Lecter, em O Dragão Vermelho (resenha no blog: https://houseofthrillers.wordpress.com/?p=1556&preview=true), o primeiro livro da trilogia – uma estória que versava ao redor do agente do FBI Will Graham (o homem que o capturou) e sua habilidade de entrar na mente dos criminosos.

É aqui que a lenda de Lecter se inicia.

Na sequência, O silêncio dos inocentes (resenha no blog:    https://houseofthrillers.wordpress.com/2011/02/12/o-silencio-dos-inocentes-thomas-harris/), Harris presenteia seus fãs, mas foi o filme ganhador do Oscar, de Jonathan Demme (melhor ator, melhor atriz, melhor diretor, melhor roteiro adaptado), e a extraordinária atuação de Anthony Hopkins, que transformaram Hannibal, num sucesso.

Hannibal, o terceiro livro da trilogia (resenha no blog: https://houseofthrillers.wordpress.com/?p=1565&preview=true), o transformou numa presa ao invés de predador, mas ainda não tinha revelado a origem dos dons malignos do psiquiatra.

Os fãs da série esperaram 25 anos para descobrir como ele tornou-se o mestre da morte e A origem do mal foi o livro mais esperado de 2006, e o filme de 2007.

Nas primeiras páginas, Hannibal Lecter sai de um pesadelo – um garoto na neve, mudo, com uma corrente no pescoço.  Ele parece muito sozinho, mas trouxe seus demônios com ele.

Mas o livro começa, mesmo, durante a 2a Guerra Mundial.

A família Lecter, Um Conde e uma Condessa muito cultos (de onde vem a sofisticação e a cultura do monstro) e seus filhos talentosos, Hannibal e Mischa, foge para uma cabana numa floresta da Polônia, para escapar da invasão dos nazistas que pilharam sua mansão.

É claro que tudo dá errado, quando um avião de caça cai perto da tal cabana, queimando os pais de Hannibal e deixando as crianças por sua própria conta.

Um bando de soldados russos famintos chegam até o que restou da cabana e… sem nada mais para comer… eles descobrem Hannibal e sua irmã…

Os leitores de Hannibal, já sabiam desde o livro “Hannibal”, do trauma terrível que transformou o jovem Lecter: a morte de sua amada irmã Mischa, durante a Segunda Guerra Mundial.

A missão de Lecter é vingar-se dos responsáveis pela morte de Mischa.

O tio de Hannibal, um pintor famoso, o descobre num orfanato soviético e o traz para a França, onde vai viver com sua linda e exótica esposa, que o ajudar a tornar-se o rapaz mais jovem a entrar numa escola de medicina na França – além de tornar-se sua amante.

Mas os demônios de Hannibal continuam visitando e atormentando.  Quando ele fica mais velho, a coisa muda – ele passa a visitar os demônios.

A porta de suas memórias da infância não está completamente aberta: são cenas fragmentadas em flashes luminosos acompanhados de gritos de terror.

A essas cenas podemos acrescentar registros policiais e interrogatórios forenses.

Lecter alterou seus documentos, para confundir as autoridades, mas, com esforço, podemos delinear como a fera saiu de dentro dele e ganhou o mundo.

Thomas Harris não é o autor indicado para as multidões que anseiam pelo “viveram felizes para sempre.”

E Hannibal a origem do mal não tem NADA em comum com suas outras obras anteriores, mas se aceitá-lo, simplesmente, como um conto sobre a vingança, não vai se arrepender.

O personagem Hannibal Lecter permanece fascinante, mas é um pouco mais humano do que o seu exemplar “adulto”, apesar de ainda ser brilhante.

Pode não ser uma obra-primaHannibal descobre que tem outros dons além dos acadêmicos.  E nessa epifania, transforma-se no prodígio da morte.

Trailer do filme sobre o livro:

Thomas Harris

Thomas Harris (Jackson, Tennessee, 11 de abril de 1940) é um escritor e roteirista norte-americano de romances policiais, que fez muito sucesso com os livros: O Silêncio dos Inocentes, Hannibal, Dragão Vermelho e Hannibal – A Origem do Mal, todos adaptados para o cinema. A adaptação de O Silêncio dos Inocentes para as telas de cinema recebeu o prêmio Oscar de melhor atriz, melhor ator e outros prêmios para os diretores e produtores, em 1991.Para acompanhar o escritor Thomas Harris: http://www.randomhouse.com/features/thomasharris/

Outras resenhas de livros de Thomas Harris, aqui no House of Thrillers:

https://houseofthrillers.wordpress.com/category/thomas-harris/

Grupo de discussão sobre opersonagem Hannibal, no portal Skoob: http://www.skoob.com.br/grupo/1736-dr-hannibal-lecter

 

Anúncios

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s