GHOSTLIGHT – A luz espiritual – Marion Zimmer Bradley

Publicado: 7 de maio de 2011 em Marion Zimmer Bradley
Tags:, ,

Editora: Rocco

Marion Zimmer Bradley?  Num blog de thrillers?  Sei que parece estranho, mas não se esqueçam do que está escrito no cabeçalho do blog: Por sua própria conta e risco, você está entrando no empolgante e misterioso mundo dos livros do gênero thriller: policial, suspense, mistério, histórico, de aventuras, com pitadas de terror e fantasia.  Então…  Esta série “light” de livros da Marion: Ghostlight, Gravelight, Heartlight, Witchlight, tem suspense, mistério, terror, fantasia e, de quebra, muita, mas muita magia. Vai encarar?

Thorne Blackburn dizia ter poderes mágicos, de uma sabedoria antiga.  Alguns diziam que ele era uma farsa dos anos 60, que só tirava dinheiro dos seus incautos seguidores, tirando-lhes a liberdade.

A verdade nunca saberemos…

Numa noite escura, há trinta anos atrás, um poderoso ritual de Blackburn deu errado, levando sua mulher à morte (Katherine) e ele próprio desaparecido.

Agora, todos que restaram do grupo de Blackburn, reuniram-se em torno de um novo líder, o carismático Justin Pilgrim.  Ao saber disso, a filha de Blackburn, Verdade Jourdemayne, uma jovem parapsicóloga dos novos anos 90, volta ao local onde sua mãe morreu e de onde seu pai desapareceu, para obter dados e escrever um livro.  Para iniciar sua pesquisa, Verdade visita a casa dele: Shadow´s Gate, no vale do Rio Hudson.

Verdade tem muitas perguntas não respondidas.  A morte de sua mãe foi um acidente ou assassinato?  Será Pilgrim um charlatão ou seus poderes serão verdadeiros?  Se ele conseguir realizar o tal ritual de Blackburn, por completo, mais alguém poderá morrer?  As respostas levarão Verdade a um conhecimento profundo de si mesma, que irá mudar sua vida para sempre.  

Adepta tanto da ficção científica (série Darkover), quanto da fantasia ou realismo fantástico (As Brumas de Avalon), Marion explora a magia contemporânea combinada com romance gótico, fantasia urbana e terror.  Há os símbolos básicos do livro secreto, paternidade não assumida, passagens subterrâneas, maravilhas do ocultismo e alianças obscuras.  Mas a ênfase está na crescente compreensão da vida real de Verdade (Truth).

Com uma heroína forte, porém feminina e magia sofisticada, o livro supera os clichês e oferece um entretenimento de grande valor.

Essa maravilhosa fantasia contemporânea foi escolhida “Best Fantasy Novel of the Year” pelo The New York Times, quando foi publicado em 1995.

Marion Zimmer Bradley

Marion Eleanor Zimmer Bradley snasceu em Albany, capital do estado de Nova Iorque, em junho de 1930. No auge da grande depressão econômica, seus pais eram muito pobres, impossibilitados, portanto, de oferecer-lhe uma educação esmerada. Teve que começar a trabalhar muito cedo, chegando a ser garçonete e faxineira. Ao completar dezesseis anos, ganhou uma máquina de escrever da mãe. Marion com o presente oferecido pela mãe começou a escrever histórias. No início, para sobreviver, sujeitou-se a produzir uma série de romances sensacionalistas. Nos anos cinquenta, era aquilo a que se chama uma “escritora de sucesso fácil”, vendia histórias de sexo e de mistério a revistas de grande tiragem, para sustentar marido e filhos.  Na década seguinte, dedicou-se à produção de romances góticos para poder tirar um curso universitário.  Deixou mais de meia centena de livros.  Entre seus livros mais famosos estão As Brumas de Avalon, O Incêndio de Tróia, e a série de ficção científica, Darkover.

 
Meu depoimento muito pessoal: “Por ocasião de sua morte, ao saber do falecimento, chorei como se ela fosse um membro de minha família.  Tenho todos os livros dela, inclusive todos da série Darkover.”
 
Acompanhe a obra da escritora Marion Zimmer Bradley: http://www.fantasticfiction.co.uk/b/marion-zimmer-bradley/

Grupos do Skoob sobre a autora: http://www.skoob.com.br/grupo/405-marion-zimmer-bradley-ecletismo-esse  e  http://www.skoob.com.br/grupo/372-marion-zimmer-bradley

Anúncios
comentários
  1. Essa é a série de Marion que menos gosto, li apenas dois dos quatro livros. Possuo quase todos os livros dela, alguns lidos inúmeras vezes. É de longe minha autora preferida. Também chorei como se tivesse perdido um membro da família ou amiga querida. E era, não é? Sempre tão presente em minha vida. Imagino como seria se ela tivesse vivido mais. Teria sido ela e não Diana L. Paxson a terminar a série de Avalon e aposto que algum outro sucesso surgiria. Me sinto mal por não ter um inglês bom o suficiente para poder ler todos os livros inéditos no Brasil! Beijos.

    • Lili Machado disse:

      Tatinda – minha relação com Marion vai um pouco mais além, pois eu e meu marido somos casados há 15 anos, numa cerimonia celta, oficiada pela arquidruidesa do Brasil na época – tipo a Senhora de Avalon, sabe?
      Quando ela morreu eu estava me recuperando de um câncer e meu marido me comprou todos os livros que me faltavam dela. – Avalon tenho completa.
      Essa série light eu adoro e a Teia de Trevas e de Luz são meus favoritos.
      Mas guardei alguns precisosos da série Darkover – alguns em inglês.
      Esses da Diana não gostei não – só tenho os Corvos para completar a série.

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s