Arquivo de julho, 2011


Editora: Nova Fronteira

Coisas estranhas estão acontecendo numa escola exclusiva para meninas – assassinatos e sequestros!

Coisas estranhas estão acontecendo em Meadowlands, uma escola exclusiva para meninas – coisas tais como: assassinatos e sequestros!

As estudantes e o corpo docente são de vários países do mundo, incluindo uma princesa do oriente médio cujo primo, o príncipe Ali Yusuf, morreu recentemente.

Durante a noite, duas professoras investigam umas luzes estranhas no ginásio de esportes, enquanto o resto da escola dorme.  E lá, encontram o corpo da antipática professora de ginástica.

A escola entra num caos e outra morte acontece – ao que parece, numa busca a umas jóias misteriosas e muito valiosas, escondidas por Bob Rawlinson, piloto do príncipe, que também já havia morrido, num desastre de avião. (mais…)


Editora: Record

“E eu olhei, e vi um cavalo amarelo; e seu nome era Morte, e o Inferno o seguia. – Revelações 6:8

Quando um velho padre é assassinado após ouvir uma confissão, alguém some com as informações do processo sobre a vítima.  O que será que estavam procurando esconder ou revelar?  E o que será que a mulher agonizante confidenciou ao padre em seu leito de morte algumas horas antes?

Talvez as 3 mulheres que dirigem o bar “O Cavalo Amarelo” e que parecem versadas nas artes mágicas, possam dar algumas respostas.

O termo “Cavalo amarelo” também é o nome de uma organização cujo objetivo é o assassinato – ligada à Máfia ou a qualquer outro grupo de gangsters.  Na verdade, esse termo é tirado da Biblia: Revelações 6:8 “E eu olhei, e vi um cavalo pálido; e seu nome era Morte, e o Inferno o seguia.” (mais…)


Editora:Harpertorch

Vire as páginas para entrar no mundo escuro e distorcido de Karin Slaughter – assim inicia o nosso livro de hoje – e é o melhor resumo que posso oferecer sobre a autora.

A Dra. Sara Linton, dublê de pediatra e médica legista da cidade de Heartsdale, no condado da Geórgia, sabe muito bem sobre os horrores que podem ser encontrados a portas fechadas, numa comunidade pequena.  Mas quando uma briga entre adolescentes leva à morte de um deles e a autópsia que se segue revela a evidência de auto-mutilação ritualística e de constantes abusos sexuais, ela descobre que o verdadeiro mal está mais perto do que imagina.

Auxiliada por seu ex-marido, o delegado Jeffrey Tolliver (com quem está mantendo um novo relacionamento), e pela detetive Lena Adams, ainda traumatizada pelo ataque que sofreu por parte de um serial killer, a investigação é frustrada pelo silêncio da família e amigos da menina vítima do tiro.  (mais…)


Editora: Record

Um romance de estréia estonteante.

Uma pacata cidadezinha no condado de Grant, na Geórgia, entra em pânico quando uma jovem professora universitária, cega e homossexual é encontrada morta em um restaurante – violentamente estuprada e esfaqueada em formato de cruz. O ponto central da incisão, servindo de local para a penetração do estupro – uma das cenas de crime mais impressionantes e cruéis, de minha vida de leitora de thrillers.

A professora Sibyl era irmã gêmea da detetive Selena Adams (Lena / Lee), que, mais tarde, também se torna vítima do serial killer.  O relacionamento de Lena com Nan Thomas, a companheira de Sibyl, e com seu tio Hank, ex-drogado e culpado pelo acidente que causou a cegueira da irmã, chegam a níveis insuportáveis após essa morte.

A médica pediátrica do local, dublê de médica legista, Sara Linton, que esconde um segredo terrível de seu passado, realiza a autópsia; e o chefe de polícia Jeffrey Tolliver, ex-marido de Sara, de quem ela está separada por motivo de adultério, está à frente da investigação. (mais…)


Editora: Rocco

Anne Rice nos apresenta a um mundo particular, entrelaçando antigos mistérios húngaros, nesta continuação da série sobre a familia Mayfair.

Em A hora das bruxas (resenha Skoob: http://www.skoob.com.br/estante/livro/681954 e resenha no blog:  https://houseofthrillers.wordpress.com/2011/06/18/a-hora-das-bruxas-anne-rice/),  conhecemos a família Mayfair, uma dinastia oculta de Nova Orleans, que a cada geração tem um de seus membros designados para receber os poderes de uma entidade conhecida como Lasher.

Lasher é o resultado do cruzamento de dois bruxos humanos que possuem um cromossomo extra, quase um monstro. 

Uma criatura é capaz de comportamento bestial alimentada por um desejo sexual extraordinário.

Em Lasher (resenha Skoob: http://www.skoob.com.br/estante/livro/681979 e resenha no blog:  https://houseofthrillers.wordpress.com/2011/07/02/a-hora-das-bruxas-the-witching-hour-anne-rice/), a prole de Michael Curry e Rowan Mayfair, provou ser justamente esse mutante, antes de ser morto, quando ele, repetidamente, violava sua própria mãe, que deu à luz uma filha, Emaleth.

Em Taltos, as bruxas Mayfair estão de volta e delas, Rowan, gera uma outra criatura que consegue superar a maldição.

Anne Rice foi descobrir no folclore húngaro a figura do Taltos, um feiticeiro com poder de ligar-se a bruxas – um ser complexo que já nasce com habilidades de adultos.  Um Taltos é altíssimo, muito bonito, habilidoso e artístico, quase que ingenuamente bom, incapaz de maldades.

Este novo romance apresenta um outro Taltos de 200 anos de idade, morando em Manhattan, chamado Ashlar –  um magnata do setor de brinquedos, especializada em bonecos.

Ashlar Templeton é o último de sua antiga raça. Alto, bonito e nasceu adulto, estes seres foram erradicados por séculos, do convívio com a humanidade.  Ash tem vivido por centenas de anos, desde que os Taltos foram convertidos ao cristianismo no século 13, disfarçando-se, e escondendo a história de sua espécie, para escapar à aniquilação. Ele anseia por uma companheira Taltos para que ele possa perpetuar a sua raça.

Ele entra em contato com Rowan Mayfair, e seu marido Michael Curry na Nova York do século 20.

Ash sabe que um outro de sua raça, Lasher, vinha assombrando a família Mayfair por centenas de anos.

Ash relata a história de seu povo para o casal – um conto de sobrevivência através dos tempos, que é um dos trechos mais fortes e mais fascinantes deste livro.
Enquanto isso, a sobrinha de Rowan, Mona Mayfair, descobre que ela está grávida de um Taltos, filho de uma relação incestuosa com seu tio Michael, marido de Rowan. – Não pergunte … você vai ter que ler para saber o que aconteceu!

Ela foge com sua prima, Mary Beth Mayfair, para proteger o feto.
A Talamasca, um grupo de estudiosos que tem estudado e narrado acontecimentos ocultos por séculos, desta vez, é um poço de corrupção. Aaron Lightner, um querido amigo de Rowan e Michael, é assassinado por uma facção renegada da ordem, que quer manter a história e a lenda do Taltos em segredo. 

Ash decide eliminar os elementos desonestos da Talamasca sem destruir todo o grupo.
Em Taltos, Anne Rice toma a saga de uma família assombrada por centenas de anos por um ser sobrenatural, e a transforma em um conto épico.  A história das raízes Lasher, e a história do legado dos Taltos, traz a trilogia a um nível mítico. Enquanto Lasher, como representante da Taltos, era visto como uma ameaça ao longo dos primeiros livros, Ashlar muda a percepção dos leitores, quanto a sua raça, revelando sua história de perseguição.

Anne Rice

Anne Rice cresceu em New Orleans, criada de um jeito diferente e exposta a grandes ideais que deram a ela um apurado senso de auto-valorização. Sua imaginação desenvolveu-se e populou um mundo de fantasia, usando vários elementos do mundo do mistério e sobrenatural. Os eventos dramáticos que aconteceram em sua vida resultaram numa riqueza emocional que recheia suas obras e cativa muitos leitores.  Anne Rice mostrou ser plural – dependendo das diversas fases de sua vida. Embora educada em colégio católico, casou-se com Stan, um ateu convicto. Nesses anos publicou sua maior obra que envolve temas góticos, vampirismo e magia. Em seus livros ela invariavelmente apresenta seus vampiros como indivíduos com suas paixões, teorias, sentimentos, defeitos e qualidades como os seres humanos, mas com a diferença de lutarem pela sua sobrevivência através do sangue de suas vítimas e sua própria existência, que para alguns deles, é um fardo a ser carregado através das décadas, séculos e até milênios.  Com a morte do marido influenciador e o advento do furacão Katrina, que devastou Nova Orleans, tornou-se uma escritora que privilegia, atualmente, temas cristãos. Rice despede-se dos seus temas habituais para descrever seu recente retorno à fé Católica e avalia de forma divertida e ácida a moda dos estudos bíblicos nos dias de hoje.

 

Anne Rice

Outras resenhas de livros de Anne Rice, aqui no House of Thrillers:     https://houseofthrillers.wordpress.com/category/anne-rice/ 

Para seguir a escritora no Twitter: @AnneRiceAuthor

Site: http://www.annerice.com/

Grupos de discussão sobre a escritora, no portal Skoob: http://www.skoob.com.br/grupo/407-anne-rice-da-ateia-gotica-a-romancista cristã e http://www.skoob.com.br/grupo/103-anne-rice

Facebook: http://www.facebook.com/?ref=home#!/annericefanpage

Páginas do Facebook relacionadas à escritora Anne Rice: http://www.facebook.com/pages/Secrets-of-the-Master-of-Rampling-Gate/365914735195      e     http://www.facebook.com/apps/application.php?id=135565065097&sk=info – Which Anne Rice Character Are You? (Qual personagem da Anne Rice você seria?)

e-mail: anneobrienrice@gmail.com

Link de uma conversa muuuuuuito interessante, entre a escritora Anne Rice e a autora deste blog, Lili Machado: http://www.facebook.com/annericefanpage/posts/203727932985388 em 31 de março de 2011:

“Your brazilian fans are very happy to have you with us, in September, for the “Bienal do Livro”, our most important book event.  I´m a member of Skoob, a brazilian social network that deals with books and discuss literature, and would like to invite you to enter our site: www.skoob.com.br “. – Lili Machado

“Wow. I am so happy to be coming. How did you find out I was going to be there? I’m thrilled.” – Anne Rice

“Anne – if you allow me to treat so friendly – everybody here in Brazil is thrilled with the news we received today afternoon, about you coming to Rio in September. There´s a hashtag in twitter also: #AnneRicenaBienal. We´ll keep in touch, anyway. When the date for you to come is settled, we can try to meet you there or anywhere best for you. In the meantime, anything you need for your visit, we´re here to help.” – Lili Machado