UM CRIME ADORMECIDO (Sleeping Murder) – Agatha Christie – um caso de Miss Marple

Publicado: 6 de agosto de 2011 em Agatha Christie
Tags:, , ,

Editora: Nova Fronteira

O último caso de Miss Marple foi publicado após a sua morte, apesar de não ter sido o último livro que Agatha Christie escreveu. 

Reza a lenda que Agatha escreveu Um crime adormecido e Cai o pano (Curtain), durante a 2ª Guerra Mundial, ambos para serem publicados após sua morte.  Entretanto, enquanto Cai o pano encerra a carreira de Hercule Poirot, Um crime adormecido não indica o mesmo para a nossa querida Miss Marple.

Recém-casados, vindos, recentemente, da Nova Zelândia, Gwenda e Giles chegam ao país de Giles, onde sua família já morreu, procurando casa para morar.  Gwenda é, imediatamente, conquistada por uma mansão vitoriana, chamada Hillside; mas, depois da mudança, fazendo arrumações e reformas, sentimentos perturbadores, como “déja vu”, atormentam a jovem.  Gwenda decide construir alguns degraus no jardim. 

Quando a obra começa, são encontrados degraus enterrados, no jardim.  Ela decide construir uma sala de jantar.  Quando a obra começa, uma porta é encontrada, emparedada, indo em direção a uma sala escondida.  Será que ela já havia vivido na casa antes?  Será que a casa é mal-assombrada?  Quem é a mulher que pode ser vista, estrangulada na entrada da casa? Gwenda começa a achar que está ficando louca.  Felizmente, ela é uma parenta afastada de Jane Marple, que passa o tempo explorano o mistério alheio.  E como quem procura, acha – ela acha uma morte no passado, que invade o presente e ameaça a felicidade e a vida do casal.

Recusando os conselhos de Jane Marple, de deixar os mortos quietos, Gwenda e Giles embarcam numa investigação sobre o provável assassinato da madrasta de Gwenda e sobre a possível probabilidade de seu pai ser o assassino.

A medida que os eventos do passado vão sendo lembrados, eles perseguem uma trilha de pistas, involvendo cartas, um médico aposentado, uma antiga camareira, um namorado traído e um misterioso torneio de tênis.

Miss Marple está em seus plenos poderes de interpretar a natureza humana; e ela ajuda o casal a desvendar as pistas e ver mais claramente o que está a sua frente.  “É realmente muito perigoso, acreditar nas pessoas, …  Há muito tempo que não faço isso.” – Jane Marple os informa. 

Miss Marple é, certamente, uma caricatura da mulher inglesa do campo – alta, magra, de olhos azuis, cabelos brancos e face enrugada.  Está sempre às voltas com um tricot.  Vive de modo refinado mas simples, gosta de jardinagem e longas caminhadas.  Mora no povoado de St. Mary Mead e recebe ajuda financeira de seu sobrinho da cidade, o novelista Raymond West, que considera a cidadezinhas, “uma poça estagnada.”  “Eu creio que nada é tão cheio de vida quanto uma gota de água de uma poça estagnada, debaixo do microscópio.” – Miss Marple

Gwenda and Giles Reed podem ser escolhidos como os dois personagens mais interessantes dos thrillers de Agatha Christie onde Miss Marple investiga os crimes acontecidos na pequena cidade de Dillmouth, na Inglaterra, onde mora.  É uma pena que eles não tenham sido agraciados com uma série própria, como Tommy& Tuppence (ver outras resenhas de Agatha Christie, de casos de Tommy e Tuppence, como Portal do Destino: https://houseofthrillers.wordpress.com/2011/10/08/o-misterioso-caso-de-styles-the-mysterious-affair-at-styles-%e2%80%93-agatha-christie-%e2%80%93-um-caso-de-hercule-poirot-3/) .

Em 1987, foi filmada uma adaptação do thriller para a televisão, com Joan Hickson, como protagonista.

Assista a parte 1 do filme de televisão, de 1987, baseado neste livro:

Agatha Christie

Nascida Agatha Mary Clarissa Miller, em 15 de setembro de 1890, Agatha May Clarissa Mallowan, adotou o sobrenome de seu primeiro marido, Archibald Christie, e é conhecida pelo mundo como a Rainha do Crime.  Nasceu em Devon, na Inglaterra, filha de pais cultos e inteligentes.  Cursou uma “escola para moças” em Paris e durante a 1ª Guerra Mundial, foi voluntária na Cruz Vermelha.
Ela é a autora mais publicada de todos os tempos em qualquer idioma, somente ultrapassada pela Bíblia e por Shakespeare. Agatha é a autora de oitenta romances policiais e coleções de pequenas histórias, dezenove peças e seis romances escritos sob o nome de Mary Westmacott. Foi pioneira ao fazer com que os desfechos de seus livros fossem extremamente impressionantes e inesperados, sendo praticamente impossível ao leitor descobrir quem é o assassino. 

Outras resenhas de livros de Agatha Christie, aqui no House of Thrillers: https://houseofthrillers.wordpress.com/category/agatha-christie/

Acompanhe a escritora: http://www.agathachristie.com
 

Responda no comentário:

Qual o livro da Agatha Christie que você mais gosta?

Anúncios

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s