THE KEEPSAKE ou Keeping the dead (edições americana e inglesa, respectivamente) – Tess Gerritsen – série Rizzoli&Isles 7

Publicado: 8 de outubro de 2011 em Tess Gerritsen
Tags:, , , , ,

Editora: Ballantine Books

“Ancient remains are easier to deal with.” – Tess Gerritsen

Quando uma múmia é desenterrada em Boston é chamada para estar presente por ocasião da abertura das faixas que envolvem o corpo; mas, para seu assombro, o corpo está morno.  Parece que o cadáver é de uma mulher desaparecida recentemente. – “Cada múmia é uma exploração, um continente desconhecido que você visita pela primeira vez.” Dr. Jonathan Elias, Egiptologista

Naturalmente, não demora muito e a imprensa se interessa pela descoberta da “múmia contemporânea”, levando a população da cidade ao medo e desconfiança.

Quando outras mulheres são descobertas assassinadas e bem preservadas de várias formas utilizadas na antiguidade de diversas culturas diferentes, a detetive Jane Rizzoli se dispõe a deter esse bizarro serial killer, antes que ele (ou ela) acrescentem novas aquisições à sua coleção macabra.

Detalhe: Jane Rizzoli está casada com o agente do FBI Gabriel Dean e tem uma filha pequena, Regina.

A Dra. Maura Isles continua em seu angustiante e frustrante relacionamento com o padre Daniel Brophy.

O milionário pesquisador Anthony Sansone continua a assediar Maura.

Os pais da detitive Jane Rizzoli continuam separados e a mãe dela está de caso com o detetive aposentado, Vince Korsak.

O livro inicia com o relato de uma mulher perseguida e seus medos na escuridão e solidão.  Essa mulher é uma pesquisadora e sua filha, ainda bebê, na época, torna-se uma egiptóloga competente.

Durante o exame do cadáver, alguma coisa metálica é encontrada na boca – pode ser uma folha de ouro igual às que os egípcios colocavam no lugar da língua, nos corpos mumificados – mas, ao final, era uma obturação dental.  – …uma obturação dental, numa múmia?É possível se comprar faixas de múmias, no Ebay? As pessoas adoram múmias e quando aparece uma em Bonston, são levadas ao delírio.  Nos anos 1900, podia-se comprar uma no Egito, por 5 dólares, e os turistas americanos as traziam às centenas, para decorar suas salas de jantar.  Quando das primeiras descobertas de múmias em escavações, elas eram contrabandeadas para a Europa e Estados Unidos, e usadas como fertilizantes.  Turistas ingleses ricos as traziam para casa, para serem reveladas de suas faixas, em festas próprias para isso.  Amuletos e pequenas jóias eram escondidas nas dobras do linho, numa espécie de caça ao tesouro para os convidados.  Atualmente, algumas pessoas abastadas, pagam rituais fúnebres de mumificação para seus entes queridos.

Além disso, uma bala de revólver é encontrada na perna da mulher. – …tem de haver alguma explicação.

Outros cadáveres são encontrados, quer dizer, três cabeças encolhidas, “tsantas”, forma de preservação do povo Jivaro, encontrada nas florestas da América do Sul, Equadro e Peru, em cerimônias de comemoração, como troféus de guerra.  – Eles acreditavam adquirir as almas das vítimas, com poderes especiais, através desses rituais.  Eram, também, formas de se impedir maldições.  O processo começava logo após a morte da pessoa, com a retirada dos ossos do crânio – eram mantidos, somente a pele e o escalpo com cabelos, recheados com ervas aromáticas.  Os olhos eram costurados e os lábios cerrados com agulhas de osso.  Eram usadas como ornamentos, em torno do pescoço do guerreiro.

Outro cadáver é descoberto – desta vez, uma mulher conservada numa espécie de acúmulo de lixo orgânico, ao longo de milhares de anos – um “peat bog”.  Esse lixo orgânico, depois de seco, era utilizado pelos antigos como combustível.  A preservação de um corpo imerso nesse bog é perfeita, mas a pele começa a se desfazer ao ser exposta ao ar.  É um processo natural, encontrado na Europa, Alaska e e Estados Unidoa; uma reação química entre as bactérias; e esse novo cadáver, embora recente, estava preservado da mesma forma. – “Ele queria mantê-las junto a ele, como companheiras eternas.” – Lieutenant Marquette

O que faz uma criança de classe privilegiada, transformar-se num monstro?  Tentamos colocar a culpa em infâncias traumáticas ou pais abusivos, ou na vizinhança perigosa – mas há os casos excepcionais.  Ninguém sabe de onde saem essas criaturas que pairam acima de suas crueldades.  A cada geração, cada sociedade produz uma hoste de predadores que permanecem entre nós – só nos resta nos protegermos deles.

“Algumas pessoas disperdiçam suas vidas esperando por alguém que nunca poderão ter.” – Jane Rizzoli

Um thriller surpreendente que me manteve lendo pelas madrugadas. Ricamente tramado e com personagens muito bem desenvolvidos – uma obra prima.

Agradecimentos especiais a Joyce Hansen, irmã de meu sogro, americana de Almira, que me cedeu (postumamente) uma série de livros de meus autores favoritos, entre eles, este aqui.

book trailer do livro:

Tess Gerritsen

Tess Gerritsen teve uma carreira de escritora, fora do normal.  Formada pela Stanford University, Tess fez Medicina na University of California, San Francisco.  Depois que teve seu filho, deixou a medicina e começou a escrever ficção.  Em 1987, sua primeira obra, “Call After Midnight”, foi publicada como romance policial.   O primeiro thriller médico, “Harvest”, 1996, foi sua estréia na lista dos mais vendidos do New York Times. Desde então: Life Support (1997), Bloodstream (1998), Gravity (1999), The Surgeon (2001), The Apprentice (2002), The Sinner (2003), Body Double (2004), Vanish (2005), The Mephisto Club (2006), The Bone Garden (2007), The Keepsake (2008), e Ice Cold (2010).   Seus livros já foram traduzidos para 37 línguas, e mais de 20 milhões de cópias foram vendidas, em todo o mundo. 

Rizzoli&Isles

Sua série de thrillers em que as protagonistas são a detetive da Delegacia de Homicídios Jane Rizzoli e a patologista Dra. Maura Isles, inspirou o seriado da televisão no canal TNT, “Rizzoli & Isles” estrelado por Angie Harmon e Sasha Alexander.

Harvest 

Bloodstream 

Life support 

Gravity 

O jardim de ossos 

O cirurgião – Rizzoli&Isles 1 

The apprentice – O dominador – Rizzoli&Isles 2 

O pecador – Rizzoli&Isles 3 

Dublê de corpo – Rizzoli&Isles 4 

Vanish – Desaparecidas – Rizzoli&Isles 5 

The Mephisto club – Rizzoli&Isles 6 

The Keepsake – Rizzoli&Isles 7 

Ice cold – Rizzoli&Isles 8

Outras resenhas de livros de Tess Gerritsen, aqui no House of Thrillers:   https://houseofthrillers.wordpress.com/category/tess-gerritsen/

Acompanhe a escritora Tess Gerritsen: www.tessgerritsen.com

Twitter @tessgerritsen http://twitter.com/#!/tessgerritsen

Facebook http://www.facebook.com/pages/Tess-Gerritsen/113330598685893

Grupos de discussão sobre a autora, no portal Skoob: http://www.skoob.com.br/grupo/872-tess-gerritsen e   http://www.skoob.com.br/grupo/261-loucos-por-medicas-legistas  

Artigos: Characters have childhoods, too. November 2, 2010 

From Romance to Corpses: http://www.facebook.com/note.php?note_id=198953846810363 – Tess Gerritsen´s writing life – April 17, 2011

I´m no Angelina http://www.facebook.com/note.php?note_id=198766416829106 April 18, 2011

Anúncios

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s