Um pressentimento funesto (By the pricking of my thumbs) – Agatha Christie – um caso de Tommy e Tuppence

Publicado: 15 de outubro de 2011 em Agatha Christie
Tags:,

Editora: Nova Fronteira

Alguém não está gostando muito de sua curiosidade – e se torna letal!

Este livro, certamente, oferece a aventura e o charme que esperamos da dupla de detetives de Agatha Christie, Tommy e Tuppence Beresford, agora mais idosos, e com menos atmosfera de espionagem que caracteriza os seus casos.  O tenente Thomas Beresford e Miss Prudence Cowley buscam aventuras e vivem tropeçando em mistérios.  Na época da 1a Guerra Mundial, Tuppence era enfermeira (assim como Agatha Christie trabalhou, na época da guerra) e Tommy, um oficial do serviço de espionagem, ferido duas vezes (assim como seu ex-marido, Archibald Christie).

Christie explora, neste livro escrito ao final de sua carreira, razões alternativas para os assassinatos, ao contrário da ingenuidade de suas obras iniciais. 

Também é um gênero bem diferente dos casos de Hercule Poirot e Miss Marple, enfatizando a sutileza ao invés da ameaça – lidando com as coisas simples, como meios de se enconder crimes do passado.

A trama apresenta Tuppence interessada numa pintura herdada, recentemente, da tia de Tommy – a pintura de uma casa no campo, perto de uma ponte.

Convencida de que já viu a cena original, ela decide procurar – e consegue.  Mas acaba se metendo numa série de crimes não resolvidos contra crianças, ocorridos na região, muitos anos antes… e alguém não está gostando muito de sua curiosidade – e se torna letal!

parte 1 do episódio do livro na série para televisão:

Agatha Christie

Nascida Agatha Mary Clarissa Miller, em 15 de setembro de 1890, Agatha May Clarissa Mallowan, adotou o sobrenome de seu primeiro marido, Archibald Christie, e é conhecida pelo mundo como a Rainha do Crime.  Nasceu em Devon, na Inglaterra, filha de pais cultos e inteligentes.  Cursou uma “escola para moças” em Paris e durante a 1ª Guerra Mundial, foi voluntária na Cruz Vermelha.
Ela é a autora mais publicada de todos os tempos em qualquer idioma, somente ultrapassada pela Bíblia e por Shakespeare. Agatha é a autora de oitenta romances policiais e coleções de pequenas histórias, dezenove peças e seis romances escritos sob o nome de Mary Westmacott. Foi pioneira ao fazer com que os desfechos de seus livros fossem extremamente impressionantes e inesperados, sendo praticamente impossível ao leitor descobrir quem é o assassino. 

Outras resenhas de livros de Agatha Christie, aqui no House of Thrillers: https://houseofthrillers.wordpress.com/category/agatha-christie/

Acompanhe a escritora: http://www.agathachristie.com
 

Responda no comentário:

Qual o livro da Agatha Christie que você mais gosta?

Anúncios

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s