SECOND SON – Lee Child – short story kindle edition – série Jack Reacher

Publicado: 26 de novembro de 2011 em Lee Child
Tags:,

Editora: Delacorte Press

Uma grande guerra deixa um país com três exércitos: um exército de aleijados, um exércitos de desesperados, e um exército de ladrões.

A série Reacher de Lee Child (já com cerca de 15 livros) é uma força entre os thrillers modernos.

Para os não iniciados, ela segue a vida de Jack Reacher um ex-policial militar, que agora é um homem sem lei, com grande capacidade de retribuir e distribuir violência.

O conto “Second son” é uma retrospectiva breve de vida de Reacher e sua família, por volta de 1974, quando moravam numa base militar em Okinawa, onde seu pai é capitão da marinha.  Especialmente, sobre seu relacionamento com o irmão 2 anos mais velho, Joe.  Só não conta fatos muito retumbantes.  O jovem Reacher de 13 anos, é calculista e decidido desde pequeno, e seu enigmático e frio caráter já se delineia.

Desde que lá chegaram, meteram-se em grandes problemas e sempre estiveram envolvidos em más notícias.  Sua própria mãe sempre os ensinou a nunca iniciar uma confusão; mas se alguém começar primeiro, o certo é revidar. – familiazinha brava essa!

Os meninos, novos na área, são desafiados pelos valentões mais velhos do pedaço.  Lemos com prazer, como Reacher lida com essa situação, típica da adolescência.

É claro que ele salva o dia, seu pai (o Capitão da Marinha Stan Reacher) e todos os seus vizinhos, como sempre.  O rapaz promete…

A ação é entremeada com momentos contemplativos, tais como quando o avô de Jack, em Paris, que está morrendo, aos 90 anos, relembra que “… uma grande guerra deixa um país com três exércitos: um exército de aleijados, um exércitos de desesperados, e um exército de ladrões.”

          “Uma guerra não tem nada com o fato de você morrer por sua pátria. É sobre fazer com que os outros morram por ela.” – Stam Reacher

Vida dura, a época de guerras: a família dos aleijados tinham de devolver as próteses de seus parentes soldados mortos em combate, para serem reaproveitadas por outros.  Não havia lugar para estocar lixo – tudo devia ser queimado.  Seus pais pararam de comprar roupas novas para a família, quando chegaram aos 40 anos – o que tinham até aquele momento era suficiente e, provavelmente, duraria até a morte. – consumo zero…

Esta estória muito bem construída leva os leitores diretamente ao meio em que Reacher é criado: a filosofia maior do pai, é que se a distância é menor que 10 quilômetros, deve-se andar – não, pegar alguma condução.

Esta é a primeira estória de Lee Child que leio – tenho um livro dele: “Worth dying for” – http://www.skoob.com.br/livro/191429 , mas ainda não tinha me animado.  Agora, vamos em frente, para o livro.

Devo dizer que li o conto no Kindle, em algumas horas, na ante-sala do dentista – apesar de serem poucas páginas – ler num Kindle não é das experiências mais fáceis, embora fascinante.  Pode-se marcar a página onde parou, marcar um texto interessante para comentar, fazer histórico e resenhar depois, compartilhar que você está lendo este livro com os amigos d o Facebook, pesquisar o significado de algum termo na Wikipedia, no Google ou num dicionário.  Pode, também escolher o tamanho da letra e a cor da página para facilitar sua leitura – prefiro em sépia.  Aos que estão desapontados com James Rollins, por publicar este conto como um e-book: você não precisa ter um Kindle para lê-lo.  Você pode baixar um Kindle applet gratuito para seu iPhone, iPad, Android (como é o meu caso) ou Blackberry.  Depois é só entrar na loja da Amazon, que vem dentro do app e comprar os e-books – comprei vários: da Tess Gerritsen, da Karin Slaughter, do Lee Child, e do Dean Koontz – todos contos baratinhos, a 2, e 3 dólares cada.  Mas podem ser comprados livros de 10 dólares também, como o último da Chelsea Cain, Night Season.  Lê-se como num Kindle, porém, na tela do tamanho do aparelho que você tem nas mãos.  Este foi o meu primeiro e-book comprado e lido no aplicativo do Kindle de meu Androide, sem nenhum problema.  Os e-books chegaram para ficar e os contos só ficam economicamente viáveis de serem publicados, atualmente, via e-book.  Importante: se estiver na dúvida, faça o download gratuito de uma amostra do livro, primeiro, antes de comprar o livro ou o conto todo.

Lee Child

 

Lee Child é o nome artístico de Jim Grant, escritor nascido na Inglaterra, em 1954.  Atualme nte, ele vive em Nova Iorque. Seu primeiro livro, “Dinheiro Sujo” (Killing floor), ganhou o prêmio Anthony Award por melhor romance de estréia.  As obras de Lee Child contam as aventuras de Jack Reacher, um ex-policial do exército americano que vaga pelos Estados Unidos envolvido em situações de risco. 

Acompanhe o escritor Lee Child: http://www.leechild.com/

Twitter: @LeeChildReacher

Anúncios
comentários
  1. Andre disse:

    Muito Maneiro

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s