Arquivo de março, 2012


Editora: Companhia das Letras

Lembrando que foi, pela primeira vez, publicado em 1986 – e o mundo mudou muito, desde então.

Um perito forense é morto, deixando vários de seus colegas envolvidos no crime.

O Comandante Adam Dalgliesh tem de investigar os segredos do laboratório do Dr. Lorrimer, para descobrir os motivos para o assassinato, escondidos em apenas um desses corações.

O Dr. Lorrimer era um cientista que trabalhava para a polícia, respeitado pela comunidade científica e uma autoridade em tribunais.

Infelizmente, também era um homem muito chato e vingativo, em suas relações pessoais.

De forma que não é exatamente uma surpresa, quando ele é encontrado morto – mas as circunstâncias são chocantes: ele é agredido até a morte, em seu próprio laboratório, uma situação que parece indicar que seus colegas de trabalho estão envolvidos.

E Dalgliesh tem um monte de suspeitos para examinar.

Adam Dalgliesh é um policial atormentado (e todos não são?) que também é um brilhante poeta e amante das coisas boas da vida.

Morte de um perito acontece num laboratório forense da zona rural inglesa – um CSI no campo, que esconde personagens interessantes e motivações sinistras.  Lembrando que foi, pela primeira vez, publicado em 1986 – e o mundo mudou muito, desde então. (mais…)

Anúncios

Editora: Companhia das Letras

Apesar de fraca, foi listada como uma das 100 maiores estórias de mistério de todos tempos por um periódico norte-americano.

Recém recuperado de uma grave doença, e em meio a uma crise de auto-confiança, o agora Comandante Adam Dalgliesh é chamado para Toynton Grange, um local para pacientes terminais, o leito de morte de um velho padre.

Quando Dalgliesh chega, o Padre Baddeley, seu antigo mentor,  está morto.  E Dalgliesh sente necessidade de investigar mais a fundo, enquanto pensa na possibilidade de deixar a Scotland Yard.

Mas não há lugar nem tempo para descanso, pois acontece uma série de mortes em Troynton Grange, e a cada morte, Dalgliesh retorna, inexoravelmente, à sua antiga vida, solucionando os mistérios.

O cenário é lúgubre e é parte importante na tensão gerada durante a trama. (mais…)


Editora: Companhia das Letras

Conheçam Cordelia Gray: vinte e dois anos, inteligente, perspicaz, e proprietária da Agência de Detetives Pryde. 

Seu primeiro caso é contratado por Sir Ronald Callender, para investigar a morte de seu filho Mark, um jovem estudante de Cambridge, encontrado morto enforcado, em circunstâncias misteriosas.

Ao penetrar nos segredos escondidos da família Callender, Cordelia logo descobre que não fora um caso de suicídio, e que a verdade era muito mais sinistra.

O belo rapaz Mark Callender, fora encontrado pendurado pelo pescoço, com traços de batom em seus lábios.

A jovem, porém corajosa detetive Cordelia Gray, não tem nenhuma experiência no serviço, mas possui instintos acurados.

A própria escritora P. D. James, conta que a rede de televisão BBC, de Londres, entrou em contato com ela para fazer uma série com Cordelia Gray, prometendo que iriam manter a personagem exatamente como nos livros Trabalho impróprio para uma mulher e O crânio sob a pele.  O problema foi que a atriz que personificaria a detetive ficou grávida, durante as filmagens e eles queriam que Cordelia aparecesse também grávida de um amante desconhecido.  Ora, qualquer leitor de P. D. James sabe que isso nunca aconteceria com ela.  James ficou tão aborrecida que retirou o contrato e não escreveu mais nenhum livro sobre a personagem.  “Ela está morta para mim”. – P. D. James. (mais…)


Editora: Companhia das Letras

As jovens da Casa Nightingale lá estão para aprender a cuidar e dar conforto os doentes.

Mas quando uma das residentes (Pearce) faz o papel de um paciente numa demonstração de habilidades de enfermagem, ela é brutalmente assassinada, envenenada por uma sonda intra-gástrica.

Uma outra estudante, que estava grávida, também morre, misteriosamente (Fallon), envenenada por nicotina; e é trabalho para Adam Dalgliesh, da Scotland Yard, desmascarar o assassino que resolveu prescrever morte, como a cura para todas as doenças.

Seu trabalho de investigação o leva a um mundo de segredos há muito escondidos, repressão sexual e chantagem, entre uma longa lista de suspeitos do sexo feminino.

O quarto livro da série Adam Dalgliesh é uma das tramas mais intrigantes e misteriosas de P. D. James – uma das mais brilhantemente bem concebidas – tudo se encaixa, perfeitamente. (mais…)


Editora: Companhia das Letras

Neste livro aprendemos um pouco sobre a vida de Dalgliesh.

Quando o diretor administrativo da Clínica Psiquiátrica Steen é encontrado assassinado, o agora Superintendente Adam Dalgliesh, da Scotland Yard, é chamado para investigar.

Dalgliesh deve analisar as ansiedades e desejos secretos dos pacientes e da equipe da clínica, para determinar quais de seus conflitos não-resolvidos resultaram em morte.

Neste livro aprendemos um pouco sobre a vida de Dalgliesh e seus sentimentos para com sua ex-esposa.

Nesse início de carreira, seus livros ainda não são muito densos, mas os mistérios são curiosos, os personagens bem caracterizados, a trama bem urdida e as soluções realistas. (mais…)