O mistério de Sittaford (The Sittaford Mistery) – Agatha Christie

Publicado: 7 de abril de 2012 em Agatha Christie
Tags:

Editora: Nova Fronteira

Seria uma brincadeira macabra?

Numa casa escondida no meio da neve de Dartmoor (a mansão Sittaford), seis pessoas sombrias se reunem a volta de uma pequena mesa, para uma sessão espírita.

A tensão cresce à medida que os espíritos soletram, através da mesa Ouija, uma mensagem aterrorizante:  O Capitão Trevelyan está morto!  Assassinado!

Essas sessões com mesa Oija eram muito populares no início do século XX.  Essa seria uma brincadeira macabra?

O único modo de ter certeza era localizando o tal Capitão Trevelyan, dono da casa, alugada para a viúva Sra. Willett e sua filha Violet.

Infelizmente, a casa dele ficava longe e com a neve, as estradas estavam bloqueadas – alguém teria de caminhar a pé até lá.

As duas mulheres que tinham alugado a mansão Sittaford eram da África do Sul e insistiram em experimentar um típico inverno britânico – a ponto de convencer Trevelyan a se mudar para uma pequena casinha perto de Exhampton.

O major Burnaby, uma amigo de Trevelyan, apesar de não acreditar em espíritos, decide checar a informação e encontra o amigo assassinado.

A irmã de Trevelyan, dois sobrinhos e uma sobrinha – todos tem o motivo e a oportunidade de cometer o crime.  Todos possuem um segredo.

Além deles, um prisioneiro escapou de uma prisão próxima e é acrescentado à lista de suspeitos, juntamente com as misteriosas Willetts.

No lugar de Poirot e de Miss Marple, temos o inspetor Narracott e a heroina Emily Trefuss, namorada de Jim Pearson, sobrinho do Capitão.

Detalhe: o título da edição norte-americana é Murder at Hazelmoor.

Um leitor de thrillers que se preze deve, de vez em quando, voltar aos livros da grande dama do crime – o problema é encontrar um título ainda não lido.

Cena em que Emily Trefusis toma um banho e entra Charles Burnaby:

Agatha Christie

Nascida Agatha Mary Clarissa Miller, em 15 de setembro de 1890, Agatha May Clarissa Mallowan, adotou o sobrenome de seu primeiro marido, Archibald Christie, e é conhecida pelo mundo como a Rainha do Crime.  Nasceu em Devon, na Inglaterra, filha de pais cultos e inteligentes.  Cursou uma “escola para moças” em Paris e durante a 1ª Guerra Mundial, foi voluntária na Cruz Vermelha.

Ela é a autora mais publicada de todos os tempos em qualquer idioma, somente ultrapassada pela Bíblia e por Shakespeare. Agatha é a autora de oitenta romances policiais e coleções de pequenas histórias, dezenove peças e seis romances escritos sob o nome de Mary Westmacott. Foi pioneira ao fazer com que os desfechos de seus livros fossem extremamente impressionantes e inesperados, sendo praticamente impossível ao leitor descobrir quem é o assassino. 

Outras resenhas de livros de Agatha Christie, aqui no House of Thrillers: https://houseofthrillers.wordpress.com/category/agatha-christie/

Acompanhe a escritora: http://www.agathachristie.com

Responda no comentário:

Qual o livro da Agatha Christie que você mais gosta?

Anúncios

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s