Fantasmas (Phantoms) – Dean Koontz

Publicado: 11 de agosto de 2012 em Dean Koontz
Tags:

Editora: Record

Se o leitor for assistir ao filme, certifique-se de ter um braço ao lado, livre, para poder ser agarrado.

                        Quando a Dra. Jenny Paige e sua irmã adolescente, Lisa, voltam para casa, após a morte de sua mãe, elas encontram a cidade silenciosa demais, aparentemente abandonada.

As mesas arrumadas para o jantar, as refeições sendo preparadas, e música tocando nas salas – mas sem vestígio de pessoas para ferver a água ou desligar o fogão.

Então, elas encontram o primeiro corpo, o da empregada da casa, estranhamente inchado, todos machucado e ainda morno.

Ao explorar a cidade, Paige acha seus amigos e vizinhos, mortos por alguma força misteriosa – já que os corpos não mostram sinais visíveis de violência.

550 estavam mortos, 350 desaparecidos.

Mas o terror havia apenas começado, na pequena cidade montanhosa de Snowfield, na Califórnia.

O delegado de Santa Mira, perto da cidade, é acionado e chega na cidade com um grupo de detetives.

Primeiramente eles acharam que era o trabalho de algum maníaco.  Ou de terroristas.  Ou contaminação tóxica.  Ou uma nova e bizarra doença.

O governo federal e armas químicas são envolvidas na trama.

Mas quando descobriram a verdade, a sentiram em sua própria carne.  E foi muito pior do que havia sido imaginado.

O final da estória perde um pouco, quando descobrimos quem é, na verdade, o inimigo.

Fantasmas de Dean Koontz, oferece o medo a seus leitores, desde as primeiras páginas.  O mistéri aumenta à medida que a verdade vai se delineando.

Fantasmas tem sido recomendado por todos os que o lêem como um dos melhores thrillers de  terror de todos os tempos, ombro-a-ombro com Rose Madder, de Stephen King (resenha no blog: https://houseofthrillers.wordpress.com/2012/04/07/rose-madder-stephen-king/) .

No fim do livro, Koontz escreveu uma espécie de posfácio sobre Fantasmas.  Ele afirma que, enquanto gostou muito de escrever a estória, e adorou ter vendido mais de 6 milhões de cópias, ele, na verdade, desejava nunca te-la escrito, porque ela o marcou como um escritor do gênero terror, enquanto ele prefere ser visto como um escritor de thrillers de suspense.

No blog, o leitor poderá encontrar a resenha de um conto de Dean Koontz, escrito especialmente em e-book, para o Kindle: The Moonlit Mind – https://houseofthrillers.wordpress.com/2011/11/26/the-moonlit-mind-a-tale-of-suspense-dean-koontz-short-story-kindle-edi-tion/ ).

Se o leitor for assistir ao filme com Ben Affleck e Peter O´Toole, certifique-se de ter um braço ao lado, livre, para poder ser agarrado.

Trailer do filme baseado no livro:

Dean Koontz é um escritor norte americano que, antes de dedicar-se à literatura trabalhou como instrutor de meninos problemáticos e como professor de inglês.  Suas obras foram traduzidas em todo mundo, com mais de duzentos milhões de exemplares vendidos; várias delas foram levadas a tela. Suas novelas figuram invariavelmente nos primeiros postos dos livros mais vendidos. Algumas de suas obras: A Casa do Mal, Esconderijo, Fantasmas, Fogo Frio, O Guardião, Intrusos, Meia Noite entre várias outras, que exploram desde o gênero policial, até o horror macabro. Seus livros já foram publicados em 38 idiomas.  Em outubro de 2010 a Editora Prumo, lançou, no Brasil, o primeiro livro da trilogia Frankenstein, e lançou o segundo em 2011.

Para acompanhar o escritor: www.deankoontz.com

Facebook: www.facebook.com/deankoontzofficial

Twitter: @deankoontz

 

Anúncios

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s