O mapa dos ossos (Map of bones) – James Rollins – série Força Sigma 2

Publicado: 15 de setembro de 2012 em James Rollins
Tags:, , ,

Editora: Ediouro

Este livro nos foi apresentado como o primeiro da série sigma, pela Ediouro – mas não é: o primeiro é Sandstorm, não editado no Brasil.

                      Durante uma missa bastante concorrida, numa catedral de Colonia, na Alemanha, intrusos vestidos de monges, armados, iniciam um pesadelo de sangue e destruição.

Todos os presentes são mortos, após ingerir hóstias explosivas.  Os únicos que se salvaram foram os que não comungaram – esses foram mortos, depois, a tiros.

Mas os assassinos não vieram por causa do ouro – eles procuravam um prêmio muito maior.  Os ossos dos 3 rei Magos que tinham homenageado o Salvador recém-nascido.  Um tesouro que poderia reescrever a história do mundo religioso.

Sigma Force

Com a ajuda do Vaticano, a nossa já conhecida força Sigma, apresentada por James Rollins através do verdadeiro primeiro volume da série, Sandstorm (resenha no blog: https://houseofthrillers.wordpress.com/2011/03/12/sandstorm-james-rollins-serie-forca-sigma-1/), entra em ação, sob o comando de Grayson Pierce.

Relembrando – a Força Sigma é um grupo secreto de elite de cientistas/soldados/doutores do Ministério de Defesa norte-americano.

O comandante Pierce, desta vez, terá a romântica companhia da tenente Rachel Verona, oficial dos carabinieri de Roma e sobrinha do monsenhor Vigor Verona, do Vaticano.

Além dela, Pierce conta com outros dois agentes: Monk e Kat.  Juntos, vão perseguir um mistério mortal que gira em torno das 7 Maravilhas do Mundo e que implica numa ordem secreta, antiga, mística e terrível: a Imperial Dragon Court, que surge na Idade Média.

Estes possuem planos sombrios para as relíquias sagradas (os ossos), que podem alterar o futuro da humanidade – quando a ciência e a religião se unirem para liberar o horror nunca visto, desde o início dos tempos.

Os ossos levam a mistérios antigos e a terrores atuais – segui-los significa a morte.  Eles não são, realmente, ossos – são substâncias alquimicas – reagentes atômicas ao ouro – que podem levar ao nosso armagedom.

Uma série de pistas, escondidas no século 14 pelos Cavaleiros Templários, leva as facções rivais em uma caça ao tesouro, que se estende desde as catacumbas de Roma para o túmulo perdido de Alexandre, o Grande, e para um palácio papal em Avignon, na França, e que pode esconder o segredo final dos Reis Magos: a chave para a luz primordial da Criação.

As evidências apontam para o envolvimento da Ordinis Draconis, um culto de aristocratas depravados que se vêem destinados a governar sobre a humanidade e que não vai parar sem obter os segredos lendários dos 3 Reis Magos.

O aspecto mais intrigante deste thriller é que todos os personagens acreditam que o tal armagedom irá ocorrer, se a Dragon Court vencer ao final.  Apesar das pistas serem solucionadas usando a ciência, todas levam a um tipo de mistério sobrenatural.

Como sempre, a pesquisa histórica de James Rollins, é fascinante e plausível.

Quem eram os Reis Magos, realmente?

Apesar dos milhões de presépios e desfiles de Natal, pouco verdadeiramente se conhece dos “homens sábios do Oriente”, que visitaram Jesus Cristo, quando nasceu.  Os magos são mencionados apenas no Evangelho de Mateus, que não revela seus nomes, seu país de origem, ou mesmo quantos homens sábios realmente eram!  O fato de que os magos deram três presentes ao menino Jesus: ouro, incenso e mirra – deu origem à tradição que havia apenas três Reis Magos; mas, como Vigor Verona observa, isso não é sustentado por Mateus. Nem a Bíblia indica que os Magos encontraram o menino Jesus na manjedoura.  Uma leitura atenta do texto sugere que a visita de Magos pode ter ocorrido alguns anos mais tarde.

A palavra magi é o plural de mago, uma palavra latina que, em última análise, deriva do persa antigo; o nome de uma casta sacerdotal associada com a astrologia. Com o tempo, a palavra tem se referido aos astrólogos, feiticeiros e sábios em geral.

Há histórias conflitantes sobre o destino final dos Magos. Em As Viagens de Marco Polo, o explorador afirma ter visitado os túmulos dos três Reis Magos na Pérsia. Polo também contou uma lenda que o menino Jesus havia presenteado os Magos com uma pedra misteriosa que convocava as chamas dos céus.  Por outro lado, os ossos dos Reis Magos são considerados por alguns, como tendo sido encontrados na Palestina, por Santa Helena, mãe do imperador Constantino, quase mil anos antes de viagens históricas de Marco Polo.  Curiosamente, um pergaminho do século 8, esquecido nos arquivos do Vaticano, conta que os Magos pertenciam a uma antiga ordem de místicos descendentes do terceiro filho de Adão, Seth. Conhecido como o “Apocalipse dos Magos”, este documento só foi recentemente traduzido para o Inglês, depois de definhar na obscuridade por gerações.

A blindagem líquida: o futuro da proteção pessoal?

Quando Gray Pierce encontra pela primeira vez Seichan, em Fort Detrick, Maryland, ela atira-lhe no peito. Sua vida é salva por uma forma nova e revolucionária de armadura corporal que está sendo desenvolvido pelo Exército dos EUA.  Esta tecnologia inovadora é baseado em um fluido que contém finas partículas de sílica que se agregam com o impacto, proporcionando proteção contra projéteis em movimento rápido, mas que permanece flexível.  Uma armadura moderna, que emprega placas de cerâmica, pode ser volumosa. Existe também o problema de deixar certas partes do corpo relativamente desprotegidas por uma questão de mobilidade. Embeber essa armadura de Kevlar com o fluido, permite uma maior flexibilidade e reduz a necessidade de muitas camadas. A blindagem líquida está em desenvolvimento no Exército dos EUA, há vários anos.

Mais Estranho que a Ficção: Pesquisa realizada pela Sigma, com o auxílio inestimável de Monsenhor Verona, sugere que o amálgama misterioso apareceu em todo a história sob uma variedade de formas. A substância, com as suas propriedades quase milagrosas, podem, de fato, ser um pó branco mágico, mencionado no Livro Egípcio dos Mortos, o “maná” de Moisés e dos antigos israelitas, a pedra sagrada dada por Cristo aos Magos, a pedra Filosofal procurada pelos alquimistas medievais, e o tesouro perdido dos Cavaleiros Templários.

Às vezes, a trama de James Rollins é de tirar o fôlego e as conexões com o passado são tênues, embora sempre fascinantes.

O único ponto falho nos textos dele, é o romance entre os personagens – sempre é fraco e pouco convincente.

Digamos que seja um Código da Vinci de Dan Brown, mal comparando, com muito mais cenas de ação.  Ou um fã mais aventureiro, do O pêndulo de Foucault, de Umberto Eco (resenha em breve: https://houseofthrillers.wordpress.com/2012/04/14/o-pendulo-de-foucault-foucaults-pendulum-umberto-eco/ ).  Mas eu já sou uma viciada nos livros dele, então…

 Booktrailer:

Nascido em Chicago, James é um graduado da Universidade de Missouri em Columbia, em 1985, com um doutorado (DVM) em medicina veterinária. Seu trabalho de graduação é focado em biologia evolutiva. Posteriormente, mudou-se para Sacramento, Califórnia, onde exerce a sua profissão como um médico veterinário.

Outras resenhas de livros de James Rollins, aqui no House of Thrillers:

https://houseofthrillers.wordpress.com/category/james-rollins/

Acompanhe o escritor James Rollins: http://www.jamesrollins.com/

Twitter: @james rollins http://twitter.com/#!/jamesrollins

Grupo de discussão sobre a Força Sigma, no portal Skoob – http://www.skoob.com.br/grupo/100-forca-sigma

Conversa entre a autora do blog, Lili Machado e o escritor James Rollins, no Twitter:
“Please tell me what is the real first one, that was not published here.” – Lili Machado
 “If you are referring to the Sigma series: SandStorm is the prequel to Sigma and Map of Bones is the first of the series.” – James Rollins, em 15 de agosto de 2010

Elogio ao blog House of Thrillers:

“That is a great looking blog! I like the background graphic. Nice job too.” – James Rollins, em 2 de maio de 2011

A amiga e Skoober Andyinha, também resenhou o livro em 19/01/2010 – O que falar desse livro? Ele realmente me surpreendeu!!! (…)  Bem, só pela resenha eu já gostei, pois adoro o mundo antigo (Grécia e Egito e afins) e além do mais tinha mistérios, mortes e uma força especial, além de um segredo mortal. Ou seja, trama perfeita para um bom livro.  Mais em: http://andyinha.blogspot.com/2010/01/poison-books-o-mapa-dos-ossos-james.html
A amiga e Skoober Babi, também resenhou o livro, em 10/03/2010 – Muito Bom! Este é o primeiro livro da trilogia da equipe Sigma. Este livro é tensão, explosão, ação, aventura e suspense em todo momento. Neste livro os membros da Sigma são apresentados e fica muito clara a caracteristica de cada um. Gray é um lider nato, muito inteligente e que se vê obrigado a tomar algumas atitudes para salvar a sua equipe. Acaba se envolvendo com Rachel, uma mulher forte e independente. Para mim foi o que ficou faltando nesse livro, um pouco mais de romance por parte dos dois.  Kat é uma arma letal, mas possui alguns problemas emocionais. Vigor compõe o grupo e é a pessoa a frente de solucionar o mistério, pois possui grande conhecimento histórico.  O último componente deste grupo é Monk, uma pessoa leal e que esconde suas inseguranças através de piadas.  O livro é muito interessante, pois do inicio ao fim todas as ações das personagens, são norteadas por descobertas históricas.  Vale a pena ler!!!
Anúncios

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s