Arquivo de outubro, 2012


Editora: Ballantine Books

Uma morte bizarra acontece com um toque sobrenatural.

Neste conto de Tess Gerritsen, sobre a dupla Rizzoli&Isles, oferecido única e especialmente em edição para o Kindle, uma morte bizarra acontece com um toque sobrenatural.
A detetive de homicídios Jane Rizzoli e a doutora Maura Isles, já viram de tudo, em cenas de crimes, mas a morte de Kimberly Rayner pode ser qualificada como sobrehumana, em mais de um ângulo.
Quando o corpo da garota de 17 anos é descoberto perto de um caixão vazio, numa igreja abandonada, onde ela vinha morando já há algum tempo com seu amigo Lucas (e mais alguns morceguinhos…), misteriosas feridas em torno de seu pescoço, sugerem algum tipo de brincadeira.
Lucas Henry, um adolescente pego fuçando a cena do crime, declara gostar muito de sangue – um gosto que ele compartilhava com a desnutrida Kimberly – ambos se consideravam vampiros e sua dieta consistia, basicamente, de sangue de animais e do fornecimento de um amigo que trabalhava num banco de sangue lá perto.
Apesar dos eventos deste acaso acontecerem durante um dos invernos mais frios da história da cidade de Boston, ele dormia num caixão e ela numa tumba – não faziam sexo (somente os vampiros de Crepúsculo fazem sexo e procriam…).  Pálidos e magros, amavam-se, segundo ele.

(mais…)

Anúncios

Editora: Record

Neste thriller vertiginoso não há limites para o horror e o desejo.  Tão doentio como se poderia esperar de um Almodóvar.

O livro deu origem ao filme de Pedro Almodóvar: La piel que habito – passado na Espanha, em Santiago de Compostela, no filme;  e na França, em Paris, no livro.

Li o livro após ter visto o filme e recomendo que o façam nesta ordem.

Richard Lafargue é um famoso cirurgião plástico, assombrado por segredos sujos.

Ele possui uma clínica cirúrgica em sua mansão e mantém sua companheira, Ève, prisioneira em seu quarto equipado com televisores, elevadores e intercomunicadores. (mais…)


Editora: Nova Fronteira

Eu tenho lido e relido os livros de Agatha Christie desde pequena e os acho relaxantes, quando resolvo dar um tempo nos thrillers mais hard core.

Três jovens mulheres dividem um apartamento em Londres, nos anos 60.

A primeira, Claudia Reece Holland, é uma secretária muito eficiente, que trabalha para o pai de Norma, que é um empresário muito rico.

A segunda, Frances Carey, é uma socialite que trabalha numa galeria de arte e se relaciona com artistas de vanguarda.  Seu namorado é David Baker, cujo apelido é Peacock – um colecionador de pequenos delitos.

A terceira, chamada Norma Restarick, interrompe o café da manhã do detetive belga Hercule Poirot, confessando ser uma assassina, dizendo que precisa ser salva – e desaparece, dizendo que acha Poirot muito velho para ajudá-la.  E somente esse ato, por si só, é um crime… (mais…)


Editora: Novo Século

Espero que esse livro deixe suas horas mais curtas e suas madrugadas mais longas.” – dedicatória de Ricardo Ragazzo

No mês passado recebi a incumbência de resenhar este livro, por encomenda do próprio autor, leitor de meu blog House of Thrillers. – uma surpresa elogiosa.

A princípio, deixei o livro de lado, pois estava terminando de ler um Anne Rice (https://houseofthrillers.wordpress.com/category/anne-rice/). Quando o peguei e comecei a ler, não consegui desgrudar os olhos – muito menos a mente, deste thriller promissor, de ritmo frenético. Li em três dias. Para mim, uma novidade surpreendente – não sou muito de gostar de thrillers brasileiros – #prontofalei, podem me crucificar! Por melhores que sejam, sempre ficam numa espécie de bolha de ar doméstico, da qual não consigo retirá-los.

E esse livro não – ao passar das páginas, de vez em quando tinha de refrescar a memória de que era um autor nacional – tal a atmosfera que remetia a Harlan Coben (https://houseofthrillers.wordpress.com/category/harlan-coben/), Dennis Lehane (resenhas em breve) e Dean Koontz (https://houseofthrillers.wordpress.com/2011/11/26/the-moonlit-mind-a-tale-of-suspense-dean-koontz-short-story-kindle-edi-tion/). (mais…)


CONFIE_EM_MIM_1259105514PEditora: Sextante

Os pais irão achar este livro perturbador.

Preocupados com o comportamento cada vez mais distante de seu filho Adam, de 16 anos, após o suicídio de seu melhor amigo (Spencer), Mike e Tia Baye decidem instalar programas de monitoramento no computador do garoto.  O programa mostra todos o sites visitados, todos os emails trocados, mas cada tecla apertada os leva a locais mais profundos num labirinto de violência, que pode destruir a todos.

A mãe de Spencer encontra provas que levam a suspeitas de que seu filho não estava sozinho, por ocasião do suposto suicídio.

Um matador sádico está em ação.  Duas mulheres são assassinadas e esses acontecimentos se cruzam com os anteriores, de forma trágica e violenta.  Porém esses fatos são menos assustadores do que os problemas triviais que podem lançar nossas vidas no abismo do caos.

Qualquer pessoa pensaria que as vitimas da violência teriam aversão a qualquer espécie de agressão – mas violência gera violência, não só pela retaliação – uma criança violentada tem grandes chances de um dia vir a violentar crianças também – o filho que vê o pai espancar a mãe tem grandes chances de ser um espancador de mulheres, mais tarde.

Um paciente de Mike Baye está precisando de um transplante de fígado; e a mãe guarda um segredo devastador.

Um pai tem de lidar com o fato de que não pode evitar que sua filha seja afetada, após um comentário infeliz feito por um professor, tornando a vida dela um inferno, na sala escola.

Confie em mim é um convite à reflexão sobre temas profundos de hoje em dia, como a facilidade de acesso a informações na internet, e limites no relacionamento entre pais e filhos.  (mais…)