Arquivo de janeiro, 2013


Editora: Intrínseca

“Na realidade, ninguém é amigo de ninguém, ne de si mesmo.” – Bravo

            Passado na Milão de 1978, quando o político Aldo Moro estava seqüestrado por um grupo de terroristas de esquerda, chamado de Brigadas Vermelhas, a classe AA continua a divertir-se em restaurantes luxuosos e boates proibidas.

            Bravo é misterioso e cínico.

Ele só revela seu verdadeiro nome e a estória de seu passado, nos momentos finais do livro.

Ele não é, exatamente, um mocinho – mas o leitor acaba torcendo por ele, já que parece ser o único que luta contra a sociedade corrupta da Itália dos anos 70, quando a justiça estava a venda pela maior oferta e os políticos, a polícia e a máfia, trabalhavam juntas.

Sua profissão é fornecer fantasias e fetiches para os ricos e depravados – um cafetão de luxo.

            Quando a misteriosa Carla entra em sua vida, o que começa como um romance clandestino, rapidamente se torna um pesadelo que irá transformar Bravo num homem procurado pela polícia, pelo crime organizado, pela máfia italiana, e até pela Brigada Vermelha, suspeito de vários assassinatos.

À medida que a eia a sua volta se aperta, Bravo será forçado a conforntar a violência dos tempos em que vive, com suas conexões no mundo político e no submundo do crime, que controlam a Itália contemporânea. (mais…)


Editora: Record

Bom, esse thriller médico, pelo menos, é melhor que os romances de banca do início da carreira de tess, que parecem até que foram escritos por outra pessoa.

   Tess Gerritsen, que era médica antes de se dedicar à carreira literária, dá autenticidade a outro thriller médico, em que uma jovem e dedicada doutora se envolve num caso misterioso e letal.

            Toby passa as horas do dia sozinha com sua mãe que sofre de Alzheimer.

O plantão na emergência do Hospital Springer está indo de forma calma para a Dra. Toby Harper, até a entrada de um homem em condições críticas com uma possível infecção viral no cérebro.

            O homem delira e não responde a nenhum tipo de tratamento – logo depois, desaparece, sem deixar vestígios.

            Antes que Toby o consiga achar, aparece um segundo caso, revelando um fato terrível: o vírus só pode ser transmitido através de contágio direto com o tecido doente.

            Seguindo uma trilha de mortes que vai desde uma prostituta de 16 anos grávida, até a própria mãe da doutora, Toby descobre o impensável: a epidemia não começou de repente… alguém a deixou começar…

            Vários pacientes idosos mas ainda em plena saúde, de uma mesma casa de repouso para ricos, começam a apresentar sintomas de confusão mental e começam a morrer misteriosamente, um após o outro.  (mais…)


Editora: Círculo do Livro

O Perfume é uma exposição maravilhosa do poder de cheiro, mas é sobre muito mais do que isso.

                                    O olfato humano é o centro do palco e a maioria dos leitores vai considerar este sentido em uma dimensão totalmente diferente, após a leitura do livro.

Ao longo da leitura, as descrições de fragrâncias e suas fontes, com uma descrição colorida da vida no século XVIII francês, e a representação de eventos, por vezes, grotescos, O Perfume é uma leitura irresistível.

O Perfume é uma exposição maravilhosa do poder de cheiro, mas é sobre muito mais do que isso.

Inspirado nas teorias de Sigmund Freud, o livro conta a estória de um homem que possui um olfato extraordinariamente apurado, mas não possui cheiro próprio.

O protagonista, Jean-Baptiste Grenouille, nasceu no meio de tripas de peixe de uma feira.

Essa sua ausência de odor, será compensada pela criação de perfumes.  E seu olfato extremamente desenvolvido, que lhe permite reconhecer odores imperceptíveis, é sua única fonte de alegria.

Durante sua vida, trabalhou como curtidor de peles e aprendiz de perfumista e, graças as suas características, criou um perfume absolutamente maravilhoso.

Ele fica obcecado em capturar o cheiro de objetos como maçanetas de cobre e madeira fresca.

Grenouille um dia encontra uma jovem, com um cheiro totalmente diferente, e isso fará com que ele queira apoderar-se desse odor somente para si.  Ele quer possuir o perfume de uma bela virgem.

O Livro, foi transformado em filme em 2006 e contou com elenco de celebridades tais como Dustin Hoffman. (mais…)


Editora: Companhia das Letras

Ninguém escapa da Ilha Shutter, porque ninguém no hospital é o que parece ser…

O ano é 1954.

O xerife Teddy Daniels e seu novo companheiro, Chuck Aule, chegam na Ilha Shutter, uma antiga locação do exército na costa de Massachusetts, onde está localizada a Penitenciária Psiquiátrica Ashecliffe, para investigar o desaparecimento de uma paciente.

Daniels acabou de perder sua amada esposa, num incêndio, enquanto Chuck pediu transferência de Seattle depois de ter sido acusado de ter um relacionamento pessoal com uma japonesa.

A bela assassina Rachel Solando está perdida em algum lugar dessa remota ilha, apesar de ter sido trancada numa cela, sob vigilância constante.

Envolvidos em incertezas e mistérios, a dupla de policiais logo descobrem que há muito mais por trás da busca por uma prisioneira.

Enquanto um furacão ameaça assolar a ilha, e Chuck desaparece também, esse estranho caso torna-se cada vez mais complicado e sinistro – surgem flashes de experimentos médicos, cirurgias não autorizadas e injeções letais.

Daniels tem de continuar a investigação sozinho, apesar da desconfiança de estar sendo drogado.

Ninguém escapa da Ilha Shutter, porque ninguém no hospital é o que parece ser…

Nem Teddy Daniels… (mais…)


Editora: Record

“Deus é silencioso. O diabo susurra.” – Mila Vasquez

            Seis braços amputados são descobertos enterrados numa clareira de uma floresta, arrumados em círculo.  Parecem ser das 6 meninas entre 7 e 13 anos que estão desaparecidas – mas onde estão os corpos?

            O criminologista Goran Gavita, um homem devastado após o abandono de sua mulher e que, aparentemente, cria sozinho o filho pequeno, comanda o caso e é forçado a trabalhar com uma jovem policial, Mila Vasquez, que tem a reputação de ser especialista em encontrar crianças perdidas.

                                    Ela também tem uma estória trágica, que a transformou para o resto da vida, deixando-a incapaz de se relacionar com outros adultos.

            O relacionamento que surge entre eles é estranho – e eles vão descobrindo seus próprios segredos, à medida que suas vidas estão cada vez mais, nas mãos do criminoso.

            Criminoso este que somente descobrimos nas últimas páginas do livro, tinha como perfeita a técnica de Iago, em Othelo: a aplicação da necessária pressão psicológica, na medida certa para provocar alguém a cometer um ou vários assassinatos.

Mas, como diz Mila: “Se tem uma coisa que aprendi, é que a escuridão te chama e te seduz.  E é muito difícil resistir a tentação.  Quando eu saio com a criança que consegui resgatar,, estou consciente de que não estou sozinha.  Há sempre alguma coisa que também nos acompanha, grudada em nossos sapatos.”

Sempre se aprende alguma coisa, mesmo em thrillers policiais: (mais…)