Paciente 67 (Shutter Island) – Dennis Lehane

Publicado: 19 de janeiro de 2013 em Dennis Lehane
Tags:,

Editora: Companhia das Letras

Ninguém escapa da Ilha Shutter, porque ninguém no hospital é o que parece ser…

O ano é 1954.

O xerife Teddy Daniels e seu novo companheiro, Chuck Aule, chegam na Ilha Shutter, uma antiga locação do exército na costa de Massachusetts, onde está localizada a Penitenciária Psiquiátrica Ashecliffe, para investigar o desaparecimento de uma paciente.

Daniels acabou de perder sua amada esposa, num incêndio, enquanto Chuck pediu transferência de Seattle depois de ter sido acusado de ter um relacionamento pessoal com uma japonesa.

A bela assassina Rachel Solando está perdida em algum lugar dessa remota ilha, apesar de ter sido trancada numa cela, sob vigilância constante.

Envolvidos em incertezas e mistérios, a dupla de policiais logo descobrem que há muito mais por trás da busca por uma prisioneira.

Enquanto um furacão ameaça assolar a ilha, e Chuck desaparece também, esse estranho caso torna-se cada vez mais complicado e sinistro – surgem flashes de experimentos médicos, cirurgias não autorizadas e injeções letais.

Daniels tem de continuar a investigação sozinho, apesar da desconfiança de estar sendo drogado.

Ninguém escapa da Ilha Shutter, porque ninguém no hospital é o que parece ser…

Nem Teddy Daniels…

Todos os personagens são reais e humanos – não há fantasmas ou monstros – mas este livro é, com certeza, um conto de terror e assombração.

Medo, obssessão, paranóia, os pesadelos de Lehane continuam até, literalmente, as últimas linhas do livro. É impossível de se prever o final…

Imediatamente após terminar o livro, reli o prólogo e o último capítulo… ajuda um pouco…

A amiga e Skoober Nessa Gagliardi, também resenhou o livro, em 23/06/2010 – Tá, o livro é completamente cinematográfico sim. A todo momento eu já imaginava as cenas do livro projetadas na telona. Isso não porque já está em cartaz a versão cinematográfica de “Paciente 67” – “Ilha do Medo”, mas porque as cenas são palpáveis, nítidas. O engraçado é que este não era para ser um livro deste tipo. É passado num pós-guerra, hoje perídodo já relativamente distante. Lehane é fantástico ao conduzir este livro. A história não é algo original. Algumas já foram escritas (e muitas filmadas) com a mesma temática, mas isso não impediu que eu me surpreendesse a cada revelação bombástica do livro. O começo é paradinho, mas depois que engrena não para mais. Não o li, devorei. E como grande fã de reviravoltas e surpresas, não poderia avaliar de forma diferente da que fiz: 5 estrelinhas! (E se tivesse mais, eu colocaria…)

Trailer do filme sobre o livro, com o nome de A Ilha do Medo, com Leonardo DiCaprio:

Dennis Lehane é um escritor norte-americano conhecido por livros  violentos, com enredos investigativos e atmosfera sufocante, em estilo noir. Seu maior sucesso é o livro Sobre Meninos e Lobos, que foi adaptado com sucesso por Clint Eastwood para o cinema. A maior parte dos seus livros conta os casos investigados pela dupla de detetives particulares Angela Gennaro e Patrick Kenzie. Estes livros são Um Drink Antes da Guerra; “Apelo às Trevas; Sagrado; Gone, Baby, Gone e Dança da Chuva. Além desses, Lehane escreveu o romance Paciente 67 e o livro de contos Coronado.

Anúncios

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s