A colina das bruxas (Witch Hill) – Marion Zimmer Bradley

Publicado: 2 de fevereiro de 2013 em Autores que não são escritores de Thrillers, Marion Zimmer Bradley
Tags:

Editora: Difel

Tem feitiçaria, possessão demoníaca e amor verdadeiro.

             Este conto pouco conhecido, de minha querida e amada escritora, Marion Zimmer Bradley, é formado, em parte, da magia da sua série Light (Ghostlight, Witchlight, Gravelight e Heartlight – resenhas no blog: https://houseofthrillers.wordpress.com/?s=light+marion ), e da sensualidade da sua série Avalon.  Tem feitiçaria, possessão demoníaca e amor verdadeiro.

            A última parenta de Sara Latimer, uma desenhista, morreu.

De coração partido e se sentindo totalmente só, Sara se muda para a mansão da família, que herdou, Witch Hill, descobrindo, logo depois, que ela é rejeitada por seus próprios vizinhos.

Matthew Hay, um dos seus únicos amigos na cidade, explica para ela que a tia de Sara, que morava nessa casa, era uma bruxa poderosa; e que as pessoas do povoado temiam que ela fosse seguir os mesmos hábitos que a tia.

O que Sara não sabe, é que Matthew e sua namorada, Tabitha, também são feiticeiros; e que ambos acreditam que Sara herdou os poderes da tia, estando pronta para ser possuída pelo espírito maligno que a espera.

Sara fica acuada pelo feitiço dos dois, apesar do amor que sente por Brian Standish.  Mas, chega o momento em que ela se perde na corrente de magia negra e sensualidade.

Colin MacLaren, também seu vizinho, tenta salvar Sara de sua destruição, através dos feitiços de Matthew Hay e Tabitha – mesmo correndo o risco de perder sua própria alma.

Marion Zimmer Bradley possui uma mente lúcida e articulada, com conhecimento do que escreve, incluindo magia, Wicca e fatos históricos; com uma pitada (bem grande) de erotismo.  Mas não gostei da visão negativa que ela oferece sobre a Velha Religião, neste conto – uma visão estereotipada, de que as religiões pagãs, são religiões satânicas.

Apesar de sua atmosfera histórica, quase não me deixa reconhecer minha escritora favorita.

Marion Eleanor Zimmer Bradley nasceu em Albany, capital do estado de Nova Iorque, em junho de 1930. No auge da grande depressão econômica, seus pais eram muito pobres, impossibilitados, portanto, de oferecer-lhe uma educação esmerada. Teve que começar a trabalhar muito cedo, chegando a ser garçonete e faxineira. Ao completar dezesseis anos, ganhou uma máquina de escrever da mãe. Marion com o presente oferecido pela mãe começou a escrever histórias. No início, para sobreviver, sujeitou-se a produzir uma série de romances sensacionalistas. Nos anos cinquenta, era aquilo a que se chama uma “escritora de sucesso fácil”, vendia histórias de sexo e de mistério a revistas de grande tiragem, para sustentar marido e filhos.  Na década seguinte, dedicou-se à produção de romances góticos para poder tirar um curso universitário.  Deixou mais de meia centena de livros.  Entre seus livros mais famosos estão As Brumas de Avalon, O Incêndio de Tróia, e a série de ficção científica, Darkover.

Meu depoimento muito pessoal: “Por ocasião de sua morte, ao saber do falecimento, chorei como se ela fosse um membro de minha família.  Tenho todos os livros dela, inclusive todos da série Darkover.”
Acompanhe a obra da escritora Marion Zimmer Bradley: http://www.fantasticfiction.co.uk/b/marion-zimmer-bradley/

Grupos do Skoob sobre a autora: http://www.skoob.com.br/grupo/405-marion-zimmer-bradley-ecletismo-esse  e  http://www.skoob.com.br/grupo/372-marion-zimmer-bradley

Anúncios

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s