Arquivo de 9 de março de 2013

Atlantis – David Gibbins

Publicado: 9 de março de 2013 em David Gibbins
Tags:,

ALTANTIS_1229102001PAtlântida desde Platão…

            Neste romance carregado de dados reais e atualizados, sobre um dos maiores mistérios da humanidade, o experiente arqueólogo Jack Howard depara-se com pistas que podem levar à cidade perdida, mencionada ainda na Antiguidade pelo filósofo grego Platão, e que representa a utopia do ideal de sociedade, de harmonia e de fartura.

Durante milhares de anos, pesquisadores vêm tentando encontrar Atlântida.

Um dia o arqueólogo marinho Jack Howard e sua equipe tiveram sorte. Enquanto mergulhavam em busca de um naufrágio do tempo de Homero, encontraram ruínas submersas que pareciam ser de Atlântida.

Mas a informação vazou e um grupo de terroristas e mercenários fica sabendo que os segredos da Atlântida estavam prestes a ser revelados.

Repentinamente, Jack e sua equipe se vêem envolvidos em um jogo de vida e morte. A revelação teria um alto preço.

Não gostei muito do livro, pensei que o foco seria na Atlântida e sobre descobertas na cidade perdida. O que mais vi foi confrontos, tiroteios, explosões, terrorismo… Esperava mais.

Mas não digo que não aprendi nada com ele. Aprendi a não julgar o livro pela capa, como diz o ditado, e não julgue mesmo! Quando vi achei que seria uma obra de arte, a capa mais legal, mas o livro foi uma decepção.

A história sem linearidade, perder-se em meio a fatos desnecessários e sem nexo. O “quê” de mistério e História que eu procurava não aparece. O autor prefere descrever os tiroteios, as tecnologias e as armas com mais precisão, do que nos levar a encontrar Atlantis.

Tinha um tema ótimo para ser explorado, mas foi arrastado demais.

A história é boa mas…. tem um grande defeito: tem muita informação técnica que torna a leitura cansativa e entediante. Personagens nada explorados, narrativa enfadonha e muito técnica que gira em torno de um eixo que não se desenvolve, arrastando-se por várias páginas que nada acrescentam.

Anúncios

Editora: Ballantine Books

Sigma Force

Este foi o meu primeiro e-book comprado e lido no aplicativo do Kindle de meu Androide, sem nenhum problema.

Devo dizer que li o conto no Kindle, em algumas horas, na ante-sala do dentista – apesar de serem poucas páginas – ler num Kindle não é das experiências mais fáceis, embora fascinante.

Pode-se marcar a página onde parou, marcar um texto interessante para comentar, fazer histórico e resenhar depois, compartilhar que você está lendo este livro com os amigos d o Facebook, pesquisar o significado de algum termo na Wikipedia, no Google ou num dicionário.

Pode, também escolher o tamanho da letra e a cor da página para facilitar sua leitura – prefiro em sépia.

Aos que estão desapontados com James Rollins, por publicar este conto como um e-book: você não precisa ter um Kindle para lê-lo.  Você pode baixar um Kindle applet gratuito para seu iPhone, iPad, Android (como é o meu caso) ou Blackberry.  Depois é só entrar na loja da Amazon, que vem dentro do app e comprar os e-books – comprei vários: da Tess Gerritsen, da Karin Slaughter, do Lee Child, e do Dean Koontz – todos contos baratinhos, a 2, e 3 dólares cada.  Mas podem ser comprados livros de 10 dólares também, como o último da Chelsea Cain, Night Season.  Lê-se como num Kindle, porém, na tela do tamanho do aparelho que você tem nas mãos.

Este foi o meu primeiro e-book comprado e lido no aplicativo do Kindle de meu Androide, sem nenhum problema.  Os e-books chegaram para ficar e os contos só ficam economicamente viáveis de serem publicados, atualmente, via e-book.  E James Rollins, um escritor tão aficcionado e atualizado com tecnologia.  Não deixe de ler só porque os tempos estão mudando.  Se eu consegui – você também consegue.  Importante: se estiver na dúvida, faça o download gratuito de uma amostra do livro, primeiro, antes de comprar o livro ou o conto todo.  Além disso – este conto será incluído na edição paperback do The Devil Colony, como bônus. (mais…)