Alone – Lisa Gardner – série Detetive D. D. Warren 1

Publicado: 7 de setembro de 2013 em Lisa Gardner
Tags:,

ALONE_1337130009PA detetive d.D. Warren é uma coadjuvante bastaaaaaaaaaante secundária neste primeiro livro de sua série.

       O primeiro livro da série de Lisa Gardner sobre a detetive D.D. Warren, retrata uma situação que envolve uma refém e seu filho Nathan, sob a mira do marido, Jimmy Gagnon.

O policial Bobby Dodge sabe que a situação é fatal – e atira para matar.  A vida dele nunca mais será a mesma, acusado de matar sem necessidade, por estar enfeitiçado de paixão pela vítima.

A investigação da detetive D.D. Warren concentra-se na viúva e recente vítima, a belíssima e agora milionária, Catherine Rose Gagnon, e seu passado obscuro. Catherine teria armado toda a situação para se livrar do marido e ficar com a herança?

Enquanto isso, Richard Umbrio, um assassino sádico e vingativo é liberado da prisão, na condicional – e suas vítimas sobreviventes devem se preparar – porque ninguém consegue se proteger para sempre…

E Catherine Gagnon é uma dessas sobreviventes de Richard – há 25 anos atrás, vítima aos 12 anos, de sequestro por 30 dias numa caverna, e estupro.

Devo dizer ao amigo leitor do blog, que odiei a protagonista Catherine – apesar de suas experiências traumáticas quando criança – pois ela cresceu e tornou-se uma mulher manipuladora e totalmente voltada para seu mundo material.

Gostei do policial Bobby, e espero que ele fique mais feliz no futuro, já que o livro meio que continua na trama do segundo da série: Esconda-se (Hide).

E o mais importante – a detetive d.D. Warren é uma coadjuvante bastaaaaaaaaaante secundária neste primeiro livro de sua série.  Ainda bem que nos próximos ele é, realmente, a protagonista.

As resenhas dos livros dessa série estão no blog: https://houseofthrillers.wordpress.com/category/lisa-gardner/ ).

Um bônus: Lisa Gardner entrevista a Detetive D.D. Warren

LG: Comida favorita?

D.D.: Eu sempre amei comida italiana – e Alex é especialista nisso.

 

LG: Sou uma mulher viajando sozinha – estou num hotel. Quais suas dicas para me manter a salvo de psicopatas?

D.D.: A maioria dos crimes em hotéis, são roubos.

  • Tranque seu quarto e coloque o aviso Não perturbe;
  • Teste sua tranca duas vezes; e
  • Tente evitar ficar em quartos muito perto de elevadores e escadas – esses quartos são alvos mais fáceis para criminosos, já que facilitam a fuga.

 

LG: Conte-nos algum segredo profissional.

D.D.: Eu gosto de ficar vendo móbiles. Gosto de os ficar observando enquanto não me vem o sono. Quando acordo, descubro alguma coisa importante sobre o crime que estou investigando – um pedaço do quebra-cabeças que perdi no dia anterior. É como focar nos padrões variados que um bom detetive deve desconstruir, e depois reconstruir, para solucionar a investigação.

Entrevista com a escritora Lisa Gardner (Adorei como ela fala de seu modus operandi de escrever):

Anúncios

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s