Arquivo da categoria ‘Luis Eduardo Matta’


Editora: Razão Cultural

Ganhei o livro em sorteio durante o encontro dos Skoobers/RJ Novos Autores Brasileiros. O autor Luis Eduardo Matta estava presente e, muito gentil, autografou e dedicou meu exemplar.

O tema (terrorismo e espionagem) não é dos meus preferidos, mas, me interessei pelo livro, por conta da simpatia e desenvoltura de Luis.

Ao descrever a obra do artista plástico que serviu de ambientação para o atentado que dá início à trama, Matta, irônico, parece combinar com minhas próprias impressões acerca da arte dita contemporânea e sua necessidade de se diferenciar através de termos e conceitos estapafúrdios: “(…) seu estilo seria algo como uma perspectiva conceitual da pós-contemporaneidade, com ecos de uma metafiguração neoabstrata desconstrutivista, (…) além de contar com uma inspiração cósmica regida pelos astros e discos voadores.”  – Traduz pra mim!!!!”

(mais…)

Anúncios

Editora: Primavera Editorial

Retomando a temática do Oriente Médio, uma citação belíssima e sempre atual, de Omar Khayyam, que podemos encontrar no livro: “O Ontem já preparou este Hoje de loucura. O Amanhã, desespero ou calma ou triunfo esconde? (…) Não sabes de onde vens e porventura saberás por que vais e saberás para onde?” 

Inicio a leitura desse livro, encantada com a gentileza da dedicatória do autor, Luis Eduardo Matta.

“(…) e contemplava em silêncio, o mar reluzente, enquanto sorvia goles de um caríssimo uísque 21 anos – apesar de oficialmente proibido na Arábia Saudita (…)” – Eu já tinha visto isso no Egito – em casa de muçulmano ricos, não tem essa de não beber álcool. (mais…)