Posts com Tag ‘Coronel Race’


Editora: Nova Fronteira

Uma morte curiosa no passado desperta uma suspeita que irrompe no presente.

Este thriller de Agatha Christie não está entre os trabalhos mais memoráveis ​​da autora, nem é seu mais célebre – mas é uma peça que mostra Christie brincando com um tema favorito: uma morte curiosa no passado desperta uma suspeita que irrompe no presente.

Um ano antes, a encantadora  socialite Rosemary Barton inesperadamente caiu morta no jantar em um restaurante de Londres, em sua festa de aniversário – e quando cianureto foi encontrado em sua taça de champanhe, sua morte é considerada suicídio. Ela estava um pouco deprimida depois de uma prolongada da gripe, mas Rosemary tinha tudo para viver: era jovem, rica, tinha um marido dedicado e um amante. E por que escolher um restaurante movimentado e glamouroso, durante um jantar realizado em sua honra? (mais…)

Anúncios

Editora: Nova Fronteira

Hercule Poirot pode apertar a rede e capturar o assassino antes que ele/ela ataca novamente?

Agatha Christie diz que, entre todos os seus livros de viagens, este é o seu preferido: “Os três personagens principais me parecem vivos e reais.”

Hercule Poirot é talvez personagem mais interessante e agradável de Agatha Christie: baixo, gorducho, e levemente cômico, Poirot tem uma mente afiada e coloca confiança ilimitada em suas “células cinzentas”. Essas células permitem Poirot a resolver alguns dos mistérios mais desconcertantes jamais concebidos. 

Em Morte no Nilo, Poirot, em férias na África, encontra a rica e bonita Linnet e seu novo marido, Simon. Como de costume, nem tudo é como parece entre os recém-casados, e quando Linnet é encontrada morta, Poirot deve, através de um grupo de suspeitos, encontrar o assassino antes que ele (ou ela) ataque novamente.

Linnett tem quase tudo: juventude, beleza, inteligência e dinheiro. Em seguida, sua melhor amiga Jackie traz seu noivo, Simon Doyle, para visitar e pede a Linnett para dar-lhe um emprego. Agora Linnett e Simon estão em sua lua de mel, num cruzeiro pelo Nilo.  (mais…)


Editora: Abril Cultural

“Em romances de mistério, encontrar o assassino é fácil, apenas deve-se concentrar sobre a pessoa que é menos provável de ter cometido o crime.” – Agatha Christie

Um anfitrião de uma festa, é assassinado numa sala cheia de jogadores de bridge!  O Sr. Shaitana era famoso como um anfitrião dessa festa.

No entanto, ele era um homem de quem todos tinham um pouco de medo. Então, quando ele se gabou com Poirot, de que ele considerava assassinato uma forma de arte, o detetive ficou com algumas reservas quanto a aceitar um convite para ver a coleção particular do Sr. Shaitana.

Na verdade, o que começou como uma noite de jogo,transformou-se em um jogo mais perigoso ainda!
O Sr. Shaitana, um rico colecionador de objetos de arte, tem uma idéia incomum para um jantar depois de um encontro casual com Hercule Poirot em uma galeria de arte. Ele convida para jantar quatro detetives, mais quatro pessoas que ele suspeita que pode ter se safado com um assassinato. (mais…)


Editora: Nova Fronteira

Este é um dos romances policiais de Agatha, mais românticos.

Agatha Christie escreveu este livro, primeiramente com o título “O Mistério da Casa do Moinho”, após regressar de uma volta ao mundo que teve a África do Sul como uma das paradas. É um thriller que tem como detetive, o Coronel Race, que aparece em mais 3 outros livros.

A jovem Ann Beddelfield viveu a vida toda numa cidade pequena, com seu pai antropólogo.  Quando seu pai morre, ela veio a Londres em busca de romance e aventura – e encontrou, imediatamente.  Na plataforma da estação do metrô Hyde Park, um homem magro perdeu o equilíbrio e caiu nos trilhos, sendo eletrocutado no mesmo instante.  O veredito da Scotland Yard foi de morte acidental, mas Anne não concordou.

Eis aqui um supercriminoso que causa a morte de um homem por eletrocução, numa estação do metrô londrino.  O cheiro de naftalina leva Anne Beddingfield a uma aventura emocionante.  A última parada não é no metrô, mas na África. (mais…)