Posts com Tag ‘Robert Harris’


THE_FEAR_INDEX_1323380602P

Uma amostra do mundo da ganância e do pânico, misturando Sci-Fi com suspense.   
No coração do mundo financeiro e das sofisticadas tecnologias de programação da computação, um futuro terrível pode estar se construindo, exatamente neste momento.
O nome do Dr. Alex Hoffmann (gênio da matemática e da computação, e bilionário) é cuidadosamente guardado do público em geral, mas nos círculos exclusivos dos super-ricos, ele é uma lenda. Ele desenvolveu uma forma revolucionária de inteligência artificial que consegue prever os movimentos dos mercados financeiros, de uma maneira estonteantemente precisa.
Ele nem sempre foi um investidor financeiro. Começou sua carreira como cientista da CERN (European Organization for Nuclear Research), onde seu trabalho envolvia algorrítimos complicados e o treinamento de máquinas para imitar o comportamento humano.
A trama acontece durante tumultuadas 24 horas na vida de Hoffmann.
Seus escritórios em Genebra lidam com bilhões, com a ajuda de um programa do mercado de capitais, baseado em seus trabalhos anteriores na CERN. Mas numa manhã, um sinistro intruso consegue quebrar o elaborado esquema de segurança da mansão de 60 milhões de dólares de Hoffmann, à beira do lago Geneva.
Acontece um confronto, Hoffmann é ferido. E é então que começa um pesadelo de paranóia e violência, à medida que Hoffmann tenta, com desespero crescente, descobrir quem está tentando destruí-lo.
Hoffmann começa a lidar com o maior perigo que ele pode imaginar: seu próprio intelecto. Ele descobre que não está em pleno controle de sua vida e para melhor entermos, somos apresentados a várias e interessantes teorias Darwinistas, a cada início de capítulo.
Cheio de personagens bem construídos e surpresas ardilosamente reveladas – e uma boa dose de paranoia – The Fear Index nos dá uma amostra do mundo da ganância e do pânico.
É uma trama que mistura ficção científica e suspense, e que nos força a confrontar a questão do significado do que é ser humano – a mais audaciosa estória de Robert Harris, até hoje – que envolve questões sociológicas.
Hoffmann é arrogante e talentoso, mas sua falta de interação não o aproxima muito dos leitores. Seu relacionamento com a esposa artista plástica é superficial e desinteressante. Ela é quente e faz uma arte ousada. Mas também é muito triste, porque não pode ter filhos.
Ao final do livro, o leitor se pergunta: Hoffmann é doido, é a vítima, o vilão, ou tudo isso em conjunto?
Robert Harris é o premiado escritor do best-seller de suspense político e de espionagem britânica, O Fantasma (The Ghost Writer – resenha no blog, em breve).

Booktrailer:

Robert Harris fala sobre as origens reais das ideias da trama de The Fear Index – que mêda!