Posts com Tag ‘taltos’

Violino – Anne Rice

Publicado: 10 de março de 2012 em Anne Rice
Tags:, , , ,

Editora: Rocco

“Existe, certamente, um ponto onde a memória se transforma em sonho. Antes da chegada da morte, do medo e da dor. ” – Anne Rice

Já tentei largar o livro por várias vezes, porque é uma deprê só. É de cortar os pulsos. Parece que foi escrito na época da morte da filhinha dela, Michele Rice, por leucemia. E Anne teria escrito o livro após uma visita ao Rio de Janeiro em busca de uma suposta reencarnação da menina.  Inclusive ela áborda esse fato no livro.

Mas ela escreve tão bem que não consigo parar de ler. E ela consegue me colocar dentro da Nova Orleans before Katrina, como se estivesse assistindo a um documentário. Recomendo. – deixando as facas e lâminas de barbear bem longe…

Eu acredito que este seja o trabalho mais autobiográfico de Anne Rice.  Triana é Anne Rice.

A personagem Triana se apresenta com 54 anos – por coincidência li este livro, na véspera de meu aniversário de 54a anos.

Ela se descreve com o mesmo penteado da fotos que estamos acostumados a ver nos livros.  Mesmo o modo de vestir de Triana é o mesmo, com as longas saias de veludo.  É claro que o maior ponto de encontro é a filha que morre de leucemia, com 6 anos de idade.  É a voz de Anne que narra a terrível experiência de enterrar sua prórpria filha. (mais…)


Editora: Rocco

Anne Rice nos apresenta a um mundo particular, entrelaçando antigos mistérios húngaros, nesta continuação da série sobre a familia Mayfair.

Em A hora das bruxas (resenha Skoob: http://www.skoob.com.br/estante/livro/681954 e resenha no blog:  https://houseofthrillers.wordpress.com/2011/06/18/a-hora-das-bruxas-anne-rice/),  conhecemos a família Mayfair, uma dinastia oculta de Nova Orleans, que a cada geração tem um de seus membros designados para receber os poderes de uma entidade conhecida como Lasher.

Lasher é o resultado do cruzamento de dois bruxos humanos que possuem um cromossomo extra, quase um monstro. 

Uma criatura é capaz de comportamento bestial alimentada por um desejo sexual extraordinário.

Em Lasher (resenha Skoob: http://www.skoob.com.br/estante/livro/681979 e resenha no blog:  https://houseofthrillers.wordpress.com/2011/07/02/a-hora-das-bruxas-the-witching-hour-anne-rice/), a prole de Michael Curry e Rowan Mayfair, provou ser justamente esse mutante, antes de ser morto, quando ele, repetidamente, violava sua própria mãe, que deu à luz uma filha, Emaleth.

Em Taltos, as bruxas Mayfair estão de volta e delas, Rowan, gera uma outra criatura que consegue superar a maldição.

Anne Rice foi descobrir no folclore húngaro a figura do Taltos, um feiticeiro com poder de ligar-se a bruxas – um ser complexo que já nasce com habilidades de adultos.  Um Taltos é altíssimo, muito bonito, habilidoso e artístico, quase que ingenuamente bom, incapaz de maldades.

Este novo romance apresenta um outro Taltos de 200 anos de idade, morando em Manhattan, chamado Ashlar –  um magnata do setor de brinquedos, especializada em bonecos.

Ashlar Templeton é o último de sua antiga raça. Alto, bonito e nasceu adulto, estes seres foram erradicados por séculos, do convívio com a humanidade.  Ash tem vivido por centenas de anos, desde que os Taltos foram convertidos ao cristianismo no século 13, disfarçando-se, e escondendo a história de sua espécie, para escapar à aniquilação. Ele anseia por uma companheira Taltos para que ele possa perpetuar a sua raça.

Ele entra em contato com Rowan Mayfair, e seu marido Michael Curry na Nova York do século 20.

Ash sabe que um outro de sua raça, Lasher, vinha assombrando a família Mayfair por centenas de anos.

Ash relata a história de seu povo para o casal – um conto de sobrevivência através dos tempos, que é um dos trechos mais fortes e mais fascinantes deste livro.
Enquanto isso, a sobrinha de Rowan, Mona Mayfair, descobre que ela está grávida de um Taltos, filho de uma relação incestuosa com seu tio Michael, marido de Rowan. – Não pergunte … você vai ter que ler para saber o que aconteceu!

Ela foge com sua prima, Mary Beth Mayfair, para proteger o feto.
A Talamasca, um grupo de estudiosos que tem estudado e narrado acontecimentos ocultos por séculos, desta vez, é um poço de corrupção. Aaron Lightner, um querido amigo de Rowan e Michael, é assassinado por uma facção renegada da ordem, que quer manter a história e a lenda do Taltos em segredo. 

Ash decide eliminar os elementos desonestos da Talamasca sem destruir todo o grupo.
Em Taltos, Anne Rice toma a saga de uma família assombrada por centenas de anos por um ser sobrenatural, e a transforma em um conto épico.  A história das raízes Lasher, e a história do legado dos Taltos, traz a trilogia a um nível mítico. Enquanto Lasher, como representante da Taltos, era visto como uma ameaça ao longo dos primeiros livros, Ashlar muda a percepção dos leitores, quanto a sua raça, revelando sua história de perseguição.

Anne Rice

Anne Rice cresceu em New Orleans, criada de um jeito diferente e exposta a grandes ideais que deram a ela um apurado senso de auto-valorização. Sua imaginação desenvolveu-se e populou um mundo de fantasia, usando vários elementos do mundo do mistério e sobrenatural. Os eventos dramáticos que aconteceram em sua vida resultaram numa riqueza emocional que recheia suas obras e cativa muitos leitores.  Anne Rice mostrou ser plural – dependendo das diversas fases de sua vida. Embora educada em colégio católico, casou-se com Stan, um ateu convicto. Nesses anos publicou sua maior obra que envolve temas góticos, vampirismo e magia. Em seus livros ela invariavelmente apresenta seus vampiros como indivíduos com suas paixões, teorias, sentimentos, defeitos e qualidades como os seres humanos, mas com a diferença de lutarem pela sua sobrevivência através do sangue de suas vítimas e sua própria existência, que para alguns deles, é um fardo a ser carregado através das décadas, séculos e até milênios.  Com a morte do marido influenciador e o advento do furacão Katrina, que devastou Nova Orleans, tornou-se uma escritora que privilegia, atualmente, temas cristãos. Rice despede-se dos seus temas habituais para descrever seu recente retorno à fé Católica e avalia de forma divertida e ácida a moda dos estudos bíblicos nos dias de hoje.

 

Anne Rice

Outras resenhas de livros de Anne Rice, aqui no House of Thrillers:     https://houseofthrillers.wordpress.com/category/anne-rice/ 

Para seguir a escritora no Twitter: @AnneRiceAuthor

Site: http://www.annerice.com/

Grupos de discussão sobre a escritora, no portal Skoob: http://www.skoob.com.br/grupo/407-anne-rice-da-ateia-gotica-a-romancista cristã e http://www.skoob.com.br/grupo/103-anne-rice

Facebook: http://www.facebook.com/?ref=home#!/annericefanpage

Páginas do Facebook relacionadas à escritora Anne Rice: http://www.facebook.com/pages/Secrets-of-the-Master-of-Rampling-Gate/365914735195      e     http://www.facebook.com/apps/application.php?id=135565065097&sk=info – Which Anne Rice Character Are You? (Qual personagem da Anne Rice você seria?)

e-mail: anneobrienrice@gmail.com

Link de uma conversa muuuuuuito interessante, entre a escritora Anne Rice e a autora deste blog, Lili Machado: http://www.facebook.com/annericefanpage/posts/203727932985388 em 31 de março de 2011:

“Your brazilian fans are very happy to have you with us, in September, for the “Bienal do Livro”, our most important book event.  I´m a member of Skoob, a brazilian social network that deals with books and discuss literature, and would like to invite you to enter our site: www.skoob.com.br “. – Lili Machado

“Wow. I am so happy to be coming. How did you find out I was going to be there? I’m thrilled.” – Anne Rice

“Anne – if you allow me to treat so friendly – everybody here in Brazil is thrilled with the news we received today afternoon, about you coming to Rio in September. There´s a hashtag in twitter also: #AnneRicenaBienal. We´ll keep in touch, anyway. When the date for you to come is settled, we can try to meet you there or anywhere best for you. In the meantime, anything you need for your visit, we´re here to help.” – Lili Machado


Editora: Rocco

Recomendo, e muito, mas antes é necessário ler os dois volumes de “A hora das bruxas” para ficar a par do enredo e entender os personagens.

Anne Rice?  Num blog de thrillers?  Sei que parece estranho, mas não se esqueçam do que está escrito no cabeçalho do blog: Por sua própria conta e risco, você está entrando no empolgante e misterioso mundo dos livros do gênero thriller: policial, suspense, mistério, histórico, de aventuras, com pitadas de terror e fantasia.  Então…  Esta série de livros da Anne: A hora das bruxas 1 e 2, Lasher e Taltos, tem suspense, mistério, terror, fantasia e, de quebra, muita, mas muita magia. Vai encarar?

Voltando ao clã Mayfair, que Anne Rice apresentou em A Hora das Bruxas (The Witching Hour), chega a continuação da saga transcontinental de magia, na tradição de um melodrama gótico. (mais…)


Editora: Rocco

A família Mayfair é um must e para você entender toda a saga, tem de ler Lasher e Taltos (resenhas ainda por vir) – você vai acabar se apaixonando por esses seres delicados e estranhos, aparentemente demoníacos, como eu me apaixonei. 

Anne Rice?  Num blog de thrillers?  Sei que parece estranho, mas não se esqueçam do que está escrito no cabeçalho do blog: Por sua própria conta e risco, você está entrando no empolgante e misterioso mundo dos livros do gênero thriller: policial, suspense, mistério, histórico, de aventuras, com pitadas de terror e fantasia.  Então…  Esta série de livros da Anne: A hora das bruxas 1 e 2, Lasher e Taltos, tem suspense, mistério, terror, fantasia e, de quebra, muita, mas muita magia. Vai encarar?

Anne Rice, a mestra do gótico contemporâneo, dominando o drama, o terror, o suspense e a sensualidade, nos apresenta a Talamasca – um grupo de estudiosos, com poderes extra-sensoriais que, durante séculos, pesquisou a vida da família Mayfair, uma dinastia de bruxas que começou no século XVII, na Escócia, imigrou para as plantações do Haiti e de lá, para o Novo Mundo, estabelecendo-se na fantasmagórica Nova Orleans.  É através dos arquivos secretos dessa sociedade, que descobrimos essa saga de seres que convivem, pacificamente, com um espírito, meio divindade celta, meio demônio, chamado Lasher. (mais…)