Posts com Tag ‘the alphabet novels’


Editora: Penguin Group

 

Sue Grafton nos leva ao território mais sombrio que Kinsey Millhone jamais esteve .

 

Tresspass = uma transgressão da lei, que involve nossas obrigações para com Deus e para com os próximos; uma violação de leis morais; uma ofensa; um pecado. (Webster´s Dictionary).

Sue Grafton nos leva ao território mais sombrio que Kinsey Millhone jamais esteve. – isso me lembra a famosa frase de abertura de Star Trek: “Where no one has gone before!”.

Ela nos leva ao horror que pode existir nas coisas mais simples da vida, no confronto com forças do mal – e que pensamos que conhecemos.  O resultado é aterrorizante. (mais…)

Anúncios

Editora: Landscape

A trama só toma um grande fôlego a partir da metade do texto – não fiquem ansiosos!

Quando o idoso Nord Lafferty contrata Kinsey Millhone para ajudar sua filha rebelde, Reba, a ter uma vida honesta, ao sair da prisão, a detetive não tem idéia de onde vai se meter.  A amizade de Kinsey com Reba parece totalmente improvável e é o único senão, nesta obra policial.

O ex-chefe de Reba Lafferty, Alan Beckwith, foi quem a colocou na prisão – então, como é que ela vem se encontrando com ele?  E porque ele está se relacionando sexualmente com ela e com sua melhor amiga que ainda trabalha para Alan?

Uma visita de um antigo amigo do FBI esclarece o mistério (Cheney Phillips) – Beckwith está envolvido em lavagem de dinheiro, drogas, jogo e bebidas e precisa de Reba para executar suas propostas excusas. (mais…)


Editora: Ediouro

O final chocante deixará os leitores, com vontade de ler mais.

Enquanto a detetive particular Kinsey Millhome está investigando um caso envolvendo uma empresa da família de um antigo colega de escola, alguém tenta envolvê-la como culpada de corrupção.  Uns 5.000 dólares misteriosos aparecem em sua conta bancária e ela tem que provar sua inocência no caso, enquanto algumas mortes ocorrem, e explosões de bomba acontecem.

Todos pedem respostas e, ao mesmo tempo, não dizem verdades.  Kinsey é forçada a pedir ajuda a pessoas de quem ela não gosta.  (mais…)


Editora: Ediouro

Ninguém consegue descrever um funeral de forma mais engraçada do que Grafton.

“D” refere-se aos 25.000 dólares de dívidas, e a um bêbado chamado Daggett, que morre afogado.  Quando Kinsey Millhome decide entregar o dinheiro ao herdeiro de Daggett, um jovem sobrevivente de um acidente de carro, chamado Tony Gahan, do qual ele foi culpado, Kinsey se acha em meio a um dilema: tem muita gente querendo esse dinheiro.  Há duas senhoras Daggett, muito furiosas, uma filha, os traficantes de drogas, a quem ele devia e um assassino que quer ter uma segunda chance.  Tudo que se refere a Daggett é complicado:  ele era bêbado, drogado, um atropelador e bígamo. (mais…)


Editora: Ediouro

Uma de suas maiores qualidades, é a lealdade aos amigos – ela é, apenas, humana.

Durante muitos anos, apesar de grande fã de thrillers, adiei a leitura dos crimes do alfabeto, de Sue Grafton, porque nem todos (aliás, a maioria deles) estão publicados no Brasil.  Mas, finalmente, comecei com a letra a (A de Álibi, B de Busca, C de Cadáver) – e os estou amando.  Porém, você não precisa ler a coleção na ordem – cada livro tem um bom pano de fundo para esclarecer suas dúvidas.  A trama é bem complexa – ela usa, inclusive, várias tramas secundárias e paralelas que, ao final, acabam dando luz à trama principal.

Kinsey Millhone é uma detetive particular, trintona, 2 vezes divorciada, que não bebe demais, não fuma demais, não usa drogas – na verdade, alguém muito comum, com todos os altos e baixos que os meros mortais tem de passar na vida e um extraordinário senso de humor.  Uma de suas maiores qualidades, é a lealdade aos amigos – ela é, apenas, humana.  Kinsey montou sua agência, num bairro calmo da cidade de Santa Teresa, na Califórnia.  Com pouquíssimos móveis e objetos menos ainda, um número bem restrito de amigos fiéis e aparente falta de sensibilidade, tem uma tendência a se apegar a causas perdidas e animais abandonados. E essa simplicidade toda é a sua força – excepcionalmente, uma tarde/noite com um namorado novo, e logo volta ao foco de seu trabalho.

Em 1982, o cadáver da terceira aventura da detetive particular Kinsey Millhone, é o de Bobby Callahan, um jovem que ela conhece numa academia de ginástica.

Bobby acha que o acidente de carro que ele sofreu foi, na verdade, uma tentativa de morte por conta de um segredo que ele sabia. Infelizmente, Bobby sofre de amnésia e não se lembra de qual era esse segredo.

Com medo de outro ataque, convence Kinsey a investigá-lo.

Alguns dias depois, Bobby é morto, realmente, e Kinsey começa a investigação. (mais…)